A maior rede de estudos do Brasil

qual a relação do senso comum com o conhecimento científico?


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Com capacidade de organizar e interpretar os estímulos recebidos do mundo exterior, cuja organização é feita internamente no que chamamos de “experiências da vida”, o homem precisa ter essa experiência significativa para que se constitua verdadeiramente como tal, e isso permite que essa experiência seja relacionada com outras tantas.Podemos dizer, portanto, que para que a experiência seja efetiva, é necessário que seja objeto de reflexão, permitindo que dela sejam extraídos saberes práticos – como saber fazer algo – ou outros saberes como os teóricos, que são ligados à experiências de forma menos evidente.


Nesse contexto, o conhecimento vulgar, também conhecido como saber vulgar ou senso comum, refere-se ao nível mais básico de conhecimento que é constituído em nossas vidas. É um nível que baseia-se em observações ingênuas da realidade e está diretamente relacionado à solução de problemas práticos presentes no dia-a-dia. Além disso é encontrado em experiências subjetivas e pode ser adquirido com dados provenientes de experiências com socialização entre indivíduos, sendo essa uma das formas mais evidentes de influência de tradições e ideias de gerações anteriores.


Por sua vez, o conhecimento científico é uma continuação do senso comum, pois é por meio dele que se investe em pesquisas para comprovar ou desmentir fatos que são baseados no senso comum. A ciência passou a buscar seus próprios métodos, sem haver a reflexão filosófica, a partir do século XVII, durante a revolução científica, sendo este o método científico que conhecemos nos dias atuais. O procedimento cientifico, como mencionamos acima, tem início em um senso comum. A partir dele, é buscada a realidade e as relações universais e, nesse período, começou-se a dar mais valor à razão como um instrumento de conhecimento.


Portanto, a população dá origem ao conhecimento vulgar, que nada mais é do que o saber que adquirimos com o passar dos anos, por meio de nossa vida em sociedade. Daí, o conhecimento científica surge como uma continuação do conhecimento vulgar, pois é por meio dele que se investe em pesquisas para comprovar ou desmentir fatos que são baseados no senso comum.

Fonte: https://www.estudopratico.com.br/conhecimento-cientifico-e-senso-comum/. Acesso em 14 de julho de 2018.

Com capacidade de organizar e interpretar os estímulos recebidos do mundo exterior, cuja organização é feita internamente no que chamamos de “experiências da vida”, o homem precisa ter essa experiência significativa para que se constitua verdadeiramente como tal, e isso permite que essa experiência seja relacionada com outras tantas.Podemos dizer, portanto, que para que a experiência seja efetiva, é necessário que seja objeto de reflexão, permitindo que dela sejam extraídos saberes práticos – como saber fazer algo – ou outros saberes como os teóricos, que são ligados à experiências de forma menos evidente.


Nesse contexto, o conhecimento vulgar, também conhecido como saber vulgar ou senso comum, refere-se ao nível mais básico de conhecimento que é constituído em nossas vidas. É um nível que baseia-se em observações ingênuas da realidade e está diretamente relacionado à solução de problemas práticos presentes no dia-a-dia. Além disso é encontrado em experiências subjetivas e pode ser adquirido com dados provenientes de experiências com socialização entre indivíduos, sendo essa uma das formas mais evidentes de influência de tradições e ideias de gerações anteriores.


Por sua vez, o conhecimento científico é uma continuação do senso comum, pois é por meio dele que se investe em pesquisas para comprovar ou desmentir fatos que são baseados no senso comum. A ciência passou a buscar seus próprios métodos, sem haver a reflexão filosófica, a partir do século XVII, durante a revolução científica, sendo este o método científico que conhecemos nos dias atuais. O procedimento cientifico, como mencionamos acima, tem início em um senso comum. A partir dele, é buscada a realidade e as relações universais e, nesse período, começou-se a dar mais valor à razão como um instrumento de conhecimento.


Portanto, a população dá origem ao conhecimento vulgar, que nada mais é do que o saber que adquirimos com o passar dos anos, por meio de nossa vida em sociedade. Daí, o conhecimento científica surge como uma continuação do conhecimento vulgar, pois é por meio dele que se investe em pesquisas para comprovar ou desmentir fatos que são baseados no senso comum.

Fonte: https://www.estudopratico.com.br/conhecimento-cientifico-e-senso-comum/. Acesso em 14 de julho de 2018.

User badge image

Luanna

Há mais de um mês

Senso Comum e Conhecimento Científico tem como relação em primeiro passo para formentar uma pesquisa. 

Desde a antiguidade, o homem pesquisa curiosamente respostas para tudo que está acontecendo ao seu redor, e essa busca constante do conhecimento é baseada no empírico e no conhecimento científico, o que implica muita pesquisa, estudo, e principalmente muito senso crítico.O conhecimento empírico é muito comum, pois adquirimos no dia-a-dia através de acontecimentos reais, observamos, por exemplo, nas comunidades mais isoladas, onde ainda não existem escolas, que o conhecimento é adquirido pela observação do comportamento dos mais velhos, e com a prática das atividades do cotidiano surge o entendimento do que ocorre no mundo em que eles vivem,vale lembrar que, essa noção de fatos não tem nenhuma comprovação científica, portanto, não é plenamente credencial.O conhecimento científico, muito utilizado atualmente, é conduzido por uma minuciosa pesquisa científica, envolvendo métodos e técnicas baseadas no empírico. O que desencadeou o conhecimento científico foi a vontade do ser humano de compreender melhor os episódios da natureza de maneira sofisticada e confiável,podendo assim, propiciar uma vida mais confortável e segura com várias opções de tecnologias e uma sociedade mais aberta ao conhecimento e novas opiniões .Viver apenas do empírico é se tornar escravo do senso comum, o que faz com que, muitas vezes, repitamos e aceitemos tudo que os outros indivíduos fazem e pensam sem refletir sobre qualquer questão que ocorra. A junção do conhecimento científico com o empírico nos traz para uma nova concepção do mundo, nos motivando assim, a estabelecer uma atitude crítica e reflexiva.Podemos assim, concluir que a pesquisa é fundamental para todos os seres humanos que desejam aprimorar seu conhecimento, e para isto é preciso apelar para a observação e reflexão do empírico com a elaboração mais eficaz da pesquisa científica, explorando novas visões e opiniões sobre o mundo em que vivemos e sobre nós mesmos, sempre focalizando na curiosidade e também no senso crítico, detalhes essenciais para alcançar o conhecimento científico.

 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas