A maior rede de estudos do Brasil

Bioética

Segundo Pozzi existem tres vertentes valorativas da bioética contemporânea (Gurgel 2014), Assne a que está ligada ao discurso situcionista

- não antropocêntrica;

 - bases racionalistas e deontológicas;

 - macroética secular, religiosa e institucional;

 - justificadora e legimadora do progresso quantitativo ilimitado.

 

Filosofia

UNISAL


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Nesse caso estamos falando das bases racionalistas e deontológicas. A deontologia é baseada simplesmente na lista de verificação que inclui certas regras a serem seguidas durante a execução de uma tarefa específica. De acordo com essa estrutura, o trabalho é considerado virtuoso somente se essa lista de verificação estiver concluída. Este procedimento é muito simples de implementar e entender. Tempo mínimo é consumido para decidir entre o certo e o errado. No entanto, sua simplicidade ignora as consequências da decisão tomada sob essa abordagem.


A base racionalista que a fonte do conhecimento é a razão e rejeita a ideia dos sentidos, uma vez que eles podem nos enganar; defende as ciências exatas, especificamente a matemática. Descartes queria filosofia do conhecimento científico, dando assim um método científico, que foi baseado em matemática, que eram vistos como uma ciência segura.


Assim, temos: Evidência: apenas tudo o que não dá qualquer dúvida ao pensamento é verdadeiro. Análise: Reduza o complexo para partes mais simples para entendê-lo corretamente. Dedução: Permita a operação racional dedutiva o peso da investigação, para encontrar as verdades complexas a partir da dedução das simples. Verificação: Verifique se o que foi descoberto a partir do motivo foi alcançado através das regras acima mencionadas.

Nesse caso estamos falando das bases racionalistas e deontológicas. A deontologia é baseada simplesmente na lista de verificação que inclui certas regras a serem seguidas durante a execução de uma tarefa específica. De acordo com essa estrutura, o trabalho é considerado virtuoso somente se essa lista de verificação estiver concluída. Este procedimento é muito simples de implementar e entender. Tempo mínimo é consumido para decidir entre o certo e o errado. No entanto, sua simplicidade ignora as consequências da decisão tomada sob essa abordagem.


A base racionalista que a fonte do conhecimento é a razão e rejeita a ideia dos sentidos, uma vez que eles podem nos enganar; defende as ciências exatas, especificamente a matemática. Descartes queria filosofia do conhecimento científico, dando assim um método científico, que foi baseado em matemática, que eram vistos como uma ciência segura.


Assim, temos: Evidência: apenas tudo o que não dá qualquer dúvida ao pensamento é verdadeiro. Análise: Reduza o complexo para partes mais simples para entendê-lo corretamente. Dedução: Permita a operação racional dedutiva o peso da investigação, para encontrar as verdades complexas a partir da dedução das simples. Verificação: Verifique se o que foi descoberto a partir do motivo foi alcançado através das regras acima mencionadas.

User badge image

André

Há mais de um mês

bases racionalistas e deontologicas

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Nesse caso estamos falando das bases racionalistas e deontológicas. A deontologia é baseada simplesmente na lista de verificação que inclui certas regras a serem seguidas durante a execução de uma tarefa específica. De acordo com essa estrutura, o trabalho é considerado virtuoso somente se essa lista de verificação estiver concluída. Este procedimento é muito simples de implementar e entender. Tempo mínimo é consumido para decidir entre o certo e o errado. No entanto, sua simplicidade ignora as consequências da decisão tomada sob essa abordagem.


A base racionalista que a fonte do conhecimento é a razão e rejeita a ideia dos sentidos, uma vez que eles podem nos enganar; defende as ciências exatas, especificamente a matemática. Descartes queria filosofia do conhecimento científico, dando assim um método científico, que foi baseado em matemática, que eram vistos como uma ciência segura.


Assim, temos: Evidência: apenas tudo o que não dá qualquer dúvida ao pensamento é verdadeiro. Análise: Reduza o complexo para partes mais simples para entendê-lo corretamente. Dedução: Permita a operação racional dedutiva o peso da investigação, para encontrar as verdades complexas a partir da dedução das simples. Verificação: Verifique se o que foi descoberto a partir do motivo foi alcançado através das regras acima mencionadas.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Nesse caso estamos falando das bases racionalistas e deontológicas. A deontologia é baseada simplesmente na lista de verificação que inclui certas regras a serem seguidas durante a execução de uma tarefa específica. De acordo com essa estrutura, o trabalho é considerado virtuoso somente se essa lista de verificação estiver concluída. Este procedimento é muito simples de implementar e entender. Tempo mínimo é consumido para decidir entre o certo e o errado. No entanto, sua simplicidade ignora as consequências da decisão tomada sob essa abordagem.


A base racionalista que a fonte do conhecimento é a razão e rejeita a ideia dos sentidos, uma vez que eles podem nos enganar; defende as ciências exatas, especificamente a matemática. Descartes queria filosofia do conhecimento científico, dando assim um método científico, que foi baseado em matemática, que eram vistos como uma ciência segura.


Assim, temos: Evidência: apenas tudo o que não dá qualquer dúvida ao pensamento é verdadeiro. Análise: Reduza o complexo para partes mais simples para entendê-lo corretamente. Dedução: Permita a operação racional dedutiva o peso da investigação, para encontrar as verdades complexas a partir da dedução das simples. Verificação: Verifique se o que foi descoberto a partir do motivo foi alcançado através das regras acima mencionadas.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas