A maior rede de estudos do Brasil

como ocorre a ingestão e a apresentação do antígeno pelas células APC?


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Células B e células T reconhecem diferentes substâncias como antígenos e reconhecem de uma forma diferente. A célula B usa a imunoglobulina ligada à superfície da célula como um receptor e a especificidade deste receptor é a mesma da imunoglobulina que ela é capaz de secretar após a ativação.


Enquanto todas as células nucleadas expressam MHC classe I, apenas um limitado grupo de células expressam MHC classe II, que inclui as células apresentadoras de antígenos (APC). As principais APCs são macrófagos, células dendríticas (células de Langerhans), e células B, e a expressão de moléculas de MHC classe II é tanto constitutiva como induzível, especialmente pelo interferon-gama no caso dos macrófagos.


Células T funcionais na periferia têm que reconhecer antígenos estranhos associados com MHC próprio, porque células APC ou células alvo apresentam antígenos estranhos associados com MHC próprio. Entretanto, um indivíduo não precisa de células T funcionais na periferia que reconheçam antígenos (próprios ou estranhos) associados com MHC não-próprio. Um indivíduo especialmente não deseja células T funcionais na periferia que possam reconhecer antígenos próprios associados com MHC próprio porque eles poderiam levar a danos em tecidos sadios, normais.

Células B e células T reconhecem diferentes substâncias como antígenos e reconhecem de uma forma diferente. A célula B usa a imunoglobulina ligada à superfície da célula como um receptor e a especificidade deste receptor é a mesma da imunoglobulina que ela é capaz de secretar após a ativação.


Enquanto todas as células nucleadas expressam MHC classe I, apenas um limitado grupo de células expressam MHC classe II, que inclui as células apresentadoras de antígenos (APC). As principais APCs são macrófagos, células dendríticas (células de Langerhans), e células B, e a expressão de moléculas de MHC classe II é tanto constitutiva como induzível, especialmente pelo interferon-gama no caso dos macrófagos.


Células T funcionais na periferia têm que reconhecer antígenos estranhos associados com MHC próprio, porque células APC ou células alvo apresentam antígenos estranhos associados com MHC próprio. Entretanto, um indivíduo não precisa de células T funcionais na periferia que reconheçam antígenos (próprios ou estranhos) associados com MHC não-próprio. Um indivíduo especialmente não deseja células T funcionais na periferia que possam reconhecer antígenos próprios associados com MHC próprio porque eles poderiam levar a danos em tecidos sadios, normais.

User badge image

Dafinny

Há mais de um mês

Básicamente falando, o processo de ingestão é chamado fagocitose. A célula apresentadora de antigeno reconhece o antígeno por regiões chamadas epitópos. Após esse reconhecimento a APC, fagocita o antígeno, processa ele e o apresenta para um linfócito através de um TCD4 por exemplo.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas