A maior rede de estudos do Brasil

Por que quando a taxa SELIC aumenta, as outras taxas de juros aumentam?


1 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

A SELIC(Sistema Especial de Liquidação e de Custódia)  é um referência estabelecida pelo Copom a cada dois meses e deve ser a taxa que o Banco Central deve cobrar se fizer um empréstimo a outras instituições financeiras.

Como dito, ela é uma referência para outras taxas praticadas no mercado como cheque especial, rotativo do cartão de crédito, empréstimos, financiamentos e investimentos em renda fixa além de  ser referência para determinar o rendimento de alguns títulos do Tesouro Direto.

Ela é usada para influenciar o mercado uma vez que ao influenciar os juros praticadas no mercado, o BC altera a quantidade de dinheiro circulando na economia e com isso influencia altas e baixas no consumo.

É por isso que quando a SELIC aumenta, aumenta-se outras taxas.

A SELIC(Sistema Especial de Liquidação e de Custódia)  é um referência estabelecida pelo Copom a cada dois meses e deve ser a taxa que o Banco Central deve cobrar se fizer um empréstimo a outras instituições financeiras.

Como dito, ela é uma referência para outras taxas praticadas no mercado como cheque especial, rotativo do cartão de crédito, empréstimos, financiamentos e investimentos em renda fixa além de  ser referência para determinar o rendimento de alguns títulos do Tesouro Direto.

Ela é usada para influenciar o mercado uma vez que ao influenciar os juros praticadas no mercado, o BC altera a quantidade de dinheiro circulando na economia e com isso influencia altas e baixas no consumo.

É por isso que quando a SELIC aumenta, aumenta-se outras taxas.

User badge image

Camilla

Há mais de um mês

A SELIC (taxa básica de juros) é um instrumento do Banco Central para influenciar a inflação da economia. Essa é a taxa que vai servir de referência para as outras taxas praticadas no mercado. Ao influenciar os juros praticados no mercado, o BC altera a quantidade de dinheiro circulando na economia: quanto maior a taxa, menos dinheiro disponível para consumo, o que resulta em menor alta de preços – um “efeito colateral” disso, contudo, é a queda da atividade econômica do país. Em teoria, a taxa básica de juros vai servir de referência para os juros cobrados pelas instituições financeiras. Assim, se a Selic sobe, a tendência é as outras taxas subirem junto, e se ela cai, as outras taxas têm a tendência de cair também (mesmo que não aconteça na mesma proporção devido ao monopólio bancário).

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas