A maior rede de estudos do Brasil

Qual a relação do pka com o pH?


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

pH: É o que chamamos de potencial de Hidrogênio. É apenas uma medida que diz se a substância tem pouco ou muito H+ e a classificação a que ela pertence, de acordo com o pH. A escala do pH vai de 1 à 14, sendo que 7.0 é considerado neutro (água), de 7.1 à 14 é básico (sangue) e de 1.0 à 6.9 é ácido (leite... é o leite é ácido). 

pKa: O pKa torna-se fácil de entender quando se tem uma visão clara do pH em relação ao meio; por definição o pKa é assim: pKa é o pH onde o fármaco é 50% ionizado e 50% não ionizado. Parece difícil, mas não é; veja bem. O Ácido Acetil-Salicílico, tem o seu pKa igual a 3.5, então quando você toma um comprimido disso, se o seu estômago estiver com um pH exatamente igual a 3.5 (o normal é de 1.4), metade das moléculas de Aspirina vão ficar carregadas e metade vão ficar sem carga (50% ionizado e 50% não ionizado).

Quanto mais uma substância ácida for para um meio básico, mais ionizado ela vai ficar e consequentemente, quanto mais ácido for o meio, menos ionizado ela fica. A recíproca é verdadeira, se uma substância básica for colocada em um meio ácido, mais ionizado ela fica, e quanto mais básico for o meio, menos ionizado ela fica.

Ácido em Base fica ionizado

Ácido em ácido fica não-ionizado

Base em ácido fica ionizado

Base em Base fica não-ionizado

O pKa não classifica a substância com relação ao pH. Então o Ácido Acetil-Salicílico não é um ácido por causa que o seu pKa é 3.5, ele é um ácido porquê essa é sua característica química e ponto.

pH: É o que chamamos de potencial de Hidrogênio. É apenas uma medida que diz se a substância tem pouco ou muito H+ e a classificação a que ela pertence, de acordo com o pH. A escala do pH vai de 1 à 14, sendo que 7.0 é considerado neutro (água), de 7.1 à 14 é básico (sangue) e de 1.0 à 6.9 é ácido (leite... é o leite é ácido). 

pKa: O pKa torna-se fácil de entender quando se tem uma visão clara do pH em relação ao meio; por definição o pKa é assim: pKa é o pH onde o fármaco é 50% ionizado e 50% não ionizado. Parece difícil, mas não é; veja bem. O Ácido Acetil-Salicílico, tem o seu pKa igual a 3.5, então quando você toma um comprimido disso, se o seu estômago estiver com um pH exatamente igual a 3.5 (o normal é de 1.4), metade das moléculas de Aspirina vão ficar carregadas e metade vão ficar sem carga (50% ionizado e 50% não ionizado).

Quanto mais uma substância ácida for para um meio básico, mais ionizado ela vai ficar e consequentemente, quanto mais ácido for o meio, menos ionizado ela fica. A recíproca é verdadeira, se uma substância básica for colocada em um meio ácido, mais ionizado ela fica, e quanto mais básico for o meio, menos ionizado ela fica.

Ácido em Base fica ionizado

Ácido em ácido fica não-ionizado

Base em ácido fica ionizado

Base em Base fica não-ionizado

O pKa não classifica a substância com relação ao pH. Então o Ácido Acetil-Salicílico não é um ácido por causa que o seu pKa é 3.5, ele é um ácido porquê essa é sua característica química e ponto.

User badge image

sueli

Há mais de um mês

PKA 3.5 É FORTE EM ACIDO OU FRACO

User badge image

Ravena

Há mais de um mês

Eles são inversamente proporcionais. E para se obter o pH, é necessário calcular o valor do pka + log (sal)/(ácido).

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas