A maior rede de estudos do Brasil

quantos fusos horários tem a terra e quantos graus cada fuso horário e quanto tempo corresponde cada um deles

Geografia

UFRR


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Os fusos horários, também denominados zonas horárias, foram estabelecidos através de uma reunião composta por representantes de 25 países em Washington, capital estadunidense, em 1884. Nessa ocasião foi realizada uma divisão do mundo em 24 fusos horários distintos.

O fuso referencial para a determinação das horas é o Greenwich, cujo centro é 0°. Esse meridiano, também denominado inicial, atravessa a Grã-Bretanha, além de cortar o extremo oeste da Europa e da África. A hora determinada pelo fuso de Greenwich recebe o nome de GMT. A partir disso, são estabelecidos os outros limites de fusos horários.


A Terra realiza seu movimento de rotação girando de oeste para leste em torno do seu próprio eixo, por esse motivo os fusos a leste de Greenwich (marco inicial) têm as horas adiantadas (+); já os fusos situados a oeste do meridiano inicial têm as horas atrasadas (-).

Dentre os fusos horários mundiais, destacam-se:

Fuso Horário Europeu (GMT + 1), que cobre a maior parcela da Europa e oeste africano;

Fuso Horário EUA (GMT – 5) o qual abarca os Estados Unidos e o noroeste da América do Sul;

Fuso Horário Russo (GMT + 3), que compreende a Rússia Europeia, Península Arábica e leste da África.


A Terra possui 360°, e o dia é composto por 24 horas. Então, se dividirmos 360° por 24, totalizamos 15°, o que corresponde a 60 minutos, ou seja, 1 hora. O Meridiano de Greenwich é o meridiano principal, uma vez que esse é o ponto inicial ou referencial para a implantação dos fusos. A partir então do Meridiano de Greenwich, no sentido leste, a cada fuso adianta-se uma hora, e no sentido oeste, atrasa-se uma hora.

Os fusos horários, também denominados zonas horárias, foram estabelecidos através de uma reunião composta por representantes de 25 países em Washington, capital estadunidense, em 1884. Nessa ocasião foi realizada uma divisão do mundo em 24 fusos horários distintos.

O fuso referencial para a determinação das horas é o Greenwich, cujo centro é 0°. Esse meridiano, também denominado inicial, atravessa a Grã-Bretanha, além de cortar o extremo oeste da Europa e da África. A hora determinada pelo fuso de Greenwich recebe o nome de GMT. A partir disso, são estabelecidos os outros limites de fusos horários.


A Terra realiza seu movimento de rotação girando de oeste para leste em torno do seu próprio eixo, por esse motivo os fusos a leste de Greenwich (marco inicial) têm as horas adiantadas (+); já os fusos situados a oeste do meridiano inicial têm as horas atrasadas (-).

Dentre os fusos horários mundiais, destacam-se:

Fuso Horário Europeu (GMT + 1), que cobre a maior parcela da Europa e oeste africano;

Fuso Horário EUA (GMT – 5) o qual abarca os Estados Unidos e o noroeste da América do Sul;

Fuso Horário Russo (GMT + 3), que compreende a Rússia Europeia, Península Arábica e leste da África.


A Terra possui 360°, e o dia é composto por 24 horas. Então, se dividirmos 360° por 24, totalizamos 15°, o que corresponde a 60 minutos, ou seja, 1 hora. O Meridiano de Greenwich é o meridiano principal, uma vez que esse é o ponto inicial ou referencial para a implantação dos fusos. A partir então do Meridiano de Greenwich, no sentido leste, a cada fuso adianta-se uma hora, e no sentido oeste, atrasa-se uma hora.

User badge image

Henrique

Há mais de um mês

a Terra tem 24 fusos horários, cada um medindo 15 graus longitudinal mente (horizontalmente). Cada um corresponde a uma hora.
User badge image

Raphael

Há mais de um mês

A terra é dividida em meridianos de 15 graus, 12 para oeste e 12 para leste. Cada um corresponde 1h (que diminue a oeste e aumenta a leste)

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas