A maior rede de estudos do Brasil

Contagem de prazo no direito penal é o mesmo que no direito civil ?


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

Júnior Oliveira Verified user icon

Há mais de um mês

Não, a contagem de prazo no Direito Penal não é igual à do Direito Civil. 

No Direito Civil há flexibilidade da forma de contagem do prazo. Em regra, os prazos são contados excluindo-se o dia do começo e incluindo o dia do final e, caso o dia final caia em dia de feriado (rectius os dias não-úteis da semana), prorroga-se o prazo para o próximo dia útil:

Código Civil: Art. 132. Salvo disposição legal ou convencional em contrário, computam-se os prazos, excluído o dia do começo, e incluído o do vencimento.

§ 1o Se o dia do vencimento cair em feriado, considerar-se-á prorrogado o prazo até o seguinte dia útil.

§ 2o Meado considera-se, em qualquer mês, o seu décimo quinto dia.

§ 3o Os prazos de meses e anos expiram no dia de igual número do de início, ou no imediato, se faltar exata correspondência.

§ 4o Os prazos fixados por hora contar-se-ão de minuto a minuto.

 

Já no Direito Penal, não há tamanha flexibildiade, pois os prazos são mais restritos em relação à contagem. O legislador penal apenas dispõe que os prazos serão contados de tal modo que se inclui o dia do começo e serão contados pelo calendãrio comum:

Código Penal:   Art. 10 - O dia do começo inclui-se no cômputo do prazo. Contam-se os dias, os meses e os anos pelo calendário comum

Não, a contagem de prazo no Direito Penal não é igual à do Direito Civil. 

No Direito Civil há flexibilidade da forma de contagem do prazo. Em regra, os prazos são contados excluindo-se o dia do começo e incluindo o dia do final e, caso o dia final caia em dia de feriado (rectius os dias não-úteis da semana), prorroga-se o prazo para o próximo dia útil:

Código Civil: Art. 132. Salvo disposição legal ou convencional em contrário, computam-se os prazos, excluído o dia do começo, e incluído o do vencimento.

§ 1o Se o dia do vencimento cair em feriado, considerar-se-á prorrogado o prazo até o seguinte dia útil.

§ 2o Meado considera-se, em qualquer mês, o seu décimo quinto dia.

§ 3o Os prazos de meses e anos expiram no dia de igual número do de início, ou no imediato, se faltar exata correspondência.

§ 4o Os prazos fixados por hora contar-se-ão de minuto a minuto.

 

Já no Direito Penal, não há tamanha flexibildiade, pois os prazos são mais restritos em relação à contagem. O legislador penal apenas dispõe que os prazos serão contados de tal modo que se inclui o dia do começo e serão contados pelo calendãrio comum:

Código Penal:   Art. 10 - O dia do começo inclui-se no cômputo do prazo. Contam-se os dias, os meses e os anos pelo calendário comum

User badge image

JUSCELINO

Há mais de um mês

No processo civil o prazo começa, via de regra, com a juntada aos autos da intimação, conforme estabelece o artigo 231, incisos I e II, do CPC.

Já processuais penais, a regra é outra, não se considera o dia da juntada aos autos da intimação, mas o próprio dia da intimação.

User badge image

Gécia

Há mais de um mês

Nao. Sao diferentes, a contagem no direito civil exclui o termo inicial e inclui o termo final. Já a contagem do direito penal inclui o termo inicial e exclui o termo final.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas