A maior rede de estudos do Brasil

2. O que é classificação de Baltimore? Quantos e Quais os critérios que esta classificação utiliza?


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

O Sistema de Classificação de Baltimore, criado por David Baltimore, é um modo de classificação que ordena os vírus em sete grupos, com base na característica do genoma viral e na forma como este é transcrito a mRNA.


Neste sistema, os vírus são agrupados como apresentado a seguir:

  • Classe I: engloba todos os vírus com DNA dupla fita.

  • Classe II: vírus com DNA simples fita.

  • Classe III: RNA dupla fita (normalmente fragmentado, sendo que cada um codifica para uma proteína diferente).

  • Classe IV: RNA simples fita de senso positivo traduzido diretamente em proteínas.

  • Classe V: RNA simples fita de senso negativo

  • Classe Vl: RNA simples fita de senso positivo com um DNA intermediário que se complexa com o genoma do hospedeiro.

  • Classe VII: Vírus dsDNA-RT: vírus DNA cadeia dupla com RNA intermediário


Assim, a classificação de Baltimore é um método que classifica e ordena os vírus em sete grupos sendo que os critérios para essa classificação são: o genoma viral e a forma como o mesmo é transcrito a mRNA.

Fonte: https://biomedicinaviral.wordpress.com/2017/01/25/classificacao-de-baltimore/

O Sistema de Classificação de Baltimore, criado por David Baltimore, é um modo de classificação que ordena os vírus em sete grupos, com base na característica do genoma viral e na forma como este é transcrito a mRNA.


Neste sistema, os vírus são agrupados como apresentado a seguir:

  • Classe I: engloba todos os vírus com DNA dupla fita.

  • Classe II: vírus com DNA simples fita.

  • Classe III: RNA dupla fita (normalmente fragmentado, sendo que cada um codifica para uma proteína diferente).

  • Classe IV: RNA simples fita de senso positivo traduzido diretamente em proteínas.

  • Classe V: RNA simples fita de senso negativo

  • Classe Vl: RNA simples fita de senso positivo com um DNA intermediário que se complexa com o genoma do hospedeiro.

  • Classe VII: Vírus dsDNA-RT: vírus DNA cadeia dupla com RNA intermediário


Assim, a classificação de Baltimore é um método que classifica e ordena os vírus em sete grupos sendo que os critérios para essa classificação são: o genoma viral e a forma como o mesmo é transcrito a mRNA.

Fonte: https://biomedicinaviral.wordpress.com/2017/01/25/classificacao-de-baltimore/

User badge image

Otavio

Há mais de um mês

A Classificação de Baltimore é um sistema de classificação viral desenvolvida pelo biólogo americano David Baltimore, baseada na síntese viral de RNA mensageiro.

 O sistema agrupa os vírus em sete classes dependendo do seu genoma (DNARNA, cadeia dupla, cadeia simples) e de sua replicação de DNA.

 

User badge image

Andre

Há mais de um mês

O Sistema de Classificação de Baltimore, criado por David Baltimore, é um modo de classificação que ordena os vírus em sete grupos, com base na característica do genoma viral e na forma como este é transcrito a mRNA.


Neste sistema, os vírus são agrupados como apresentado a seguir:

  • Classe I: engloba todos os vírus com DNA dupla fita.

  • Classe II: vírus com DNA simples fita.

  • Classe III: RNA dupla fita (normalmente fragmentado, sendo que cada um codifica para uma proteína diferente).

  • Classe IV: RNA simples fita de senso positivo traduzido diretamente em proteínas.

  • Classe V: RNA simples fita de senso negativo

  • Classe Vl: RNA simples fita de senso positivo com um DNA intermediário que se complexa com o genoma do hospedeiro.

  • Classe VII: Vírus dsDNA-RT: vírus DNA cadeia dupla com RNA intermediário


Assim, a classificação de Baltimore é um método que classifica e ordena os vírus em sete grupos sendo que os critérios para essa classificação são: o genoma viral e a forma como o mesmo é transcrito a mRNA.

Fonte: https://biomedicinaviral.wordpress.com/2017/01/25/classificacao-de-baltimore/

User badge image

Andre

Há mais de um mês

 

O Sistema de Classificação de Baltimore, criado por David Baltimore, é um modo de classificação que ordena os vírus em sete grupos, com base na característica do genoma viral e na forma como este é transcrito a mRNA. 


Neste sistema, os vírus são agrupados como apresentado a seguir:

  • Classe I: engloba todos os vírus com DNA dupla fita.  
  • Classe II: vírus com DNA simples fita. 
  • Classe III: RNA dupla fita (normalmente fragmentado, sendo que cada um codifica para uma proteína diferente). 
  • Classe IV: RNA simples fita de senso positivo traduzido diretamente em proteínas.
  • Classe V: RNA simples fita de senso negativo
  • Classe Vl: RNA simples fita de senso positivo com um DNA intermediário que se complexa com o genoma do hospedeiro. 
  • Classe VII: Vírus dsDNA-RT: vírus DNA cadeia dupla com RNA intermediário 

Assim, a classificação de Baltimore é um método que classifica e ordena os vírus em sete grupos sendo que os critérios para essa classificação são: o genoma viral e a forma como o mesmo é transcrito a mRNA.

Fonte: https://biomedicinaviral.wordpress.com/2017/01/25/classificacao-de-baltimore/

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas