A maior rede de estudos do Brasil

Qual a formação de estruturas e órgãos corporais?


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para compreender como ocorre a formação de estruturas e órgãos corporais, devemos colocar em prática nossos estudos que relacionam a Psicologia do Desenvolvimento, mais especificamente sobre o Ciclo Vital. Os seres humanos são seres complexos e multicelulares, sendo que a maioria das nossas células não está em contato direto com o ambiente externo ao nosso corpo.

São diversas as estruturas dentro do nosso corpo que permitem que ele funcione como um todo, os sistemas funcionam em cooperação entre si, ainda assim sendo especialista em determinadas funcionalidades. As células do nosso corpo podem ser definidas em duas formas: unicelulares e multicelulares, sendo elas organizadas por meio de tecidos para realizarem funções para órgãos especializados do nosso corpo.

De acordo com o tipo de órgão, temos um tipo de organização – o que está diretamente ligado ao tipo de função que o órgão realiza sobre o corpo. As células se formam a partir de aglomerados para exercer funções, assim como os órgãos. Todos são conglomerados de células. As células são originadas quando há algum tipo de membrana que abrange todo o seu núcleo – sendo constituída por um núcleo, citoplasma e o seu envoltório.

Os órgãos por sua vez, formam-se a partir do agrupamento de diversos tecidos, dentro do nosso organismo – sendo tecidos vistos como epitelial, muscular, nervoso e conjuntivo. Diferentes quantidades destes tipos de tecido acabam se conglomerando para formar órgãos. Boa parte dos órgãos que estão presentes no nosso corpo são conglomerados com diferentes proporções dos quatro tipos de tecidos mencionados anteriormente.

Para compreender como ocorre a formação de estruturas e órgãos corporais, devemos colocar em prática nossos estudos que relacionam a Psicologia do Desenvolvimento, mais especificamente sobre o Ciclo Vital. Os seres humanos são seres complexos e multicelulares, sendo que a maioria das nossas células não está em contato direto com o ambiente externo ao nosso corpo.

São diversas as estruturas dentro do nosso corpo que permitem que ele funcione como um todo, os sistemas funcionam em cooperação entre si, ainda assim sendo especialista em determinadas funcionalidades. As células do nosso corpo podem ser definidas em duas formas: unicelulares e multicelulares, sendo elas organizadas por meio de tecidos para realizarem funções para órgãos especializados do nosso corpo.

De acordo com o tipo de órgão, temos um tipo de organização – o que está diretamente ligado ao tipo de função que o órgão realiza sobre o corpo. As células se formam a partir de aglomerados para exercer funções, assim como os órgãos. Todos são conglomerados de células. As células são originadas quando há algum tipo de membrana que abrange todo o seu núcleo – sendo constituída por um núcleo, citoplasma e o seu envoltório.

Os órgãos por sua vez, formam-se a partir do agrupamento de diversos tecidos, dentro do nosso organismo – sendo tecidos vistos como epitelial, muscular, nervoso e conjuntivo. Diferentes quantidades destes tipos de tecido acabam se conglomerando para formar órgãos. Boa parte dos órgãos que estão presentes no nosso corpo são conglomerados com diferentes proporções dos quatro tipos de tecidos mencionados anteriormente.

User badge image

Noelma

Há mais de um mês

Humanos - e outros organismos multicelulares complexos - têm sistemas de órgãos que trabalham juntos, realizando processos que nos mantêm vivos.O corpo tem níveis de organização que se baseiam um no outro. Células constituem tecidos, tecidos constituem órgãos, e órgãos constituem sistemas de órgãos.A função de um sistema depende da atividade integrada de seus órgãos. Por exemplo, os órgãos do sistema digestório cooperam para processar alimento.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Psicologia do Desenvolvimento - Ciclo Vital


Para compreender como ocorre a formação de estruturas e órgãos corporais, devemos colocar em prática nossos estudos que relacionam a Psicologia do Desenvolvimento, mais especificamente sobre o Ciclo Vital. Os seres humanos são seres complexos e multicelulares, sendo que a maioria das nossas células não está em contato direto com o ambiente externo ao nosso corpo.

São diversas as estruturas dentro do nosso corpo que permitem que ele funcione como um todo, os sistemas funcionam em cooperação entre si, ainda assim sendo especialista em determinadas funcionalidades. As células do nosso corpo podem ser definidas em duas formas: unicelulares e multicelulares, sendo elas organizadas por meio de tecidos para realizarem funções para órgãos especializados do nosso corpo.

De acordo com o tipo de órgão, temos um tipo de organização – o que está diretamente ligado ao tipo de função que o órgão realiza sobre o corpo. As células se formam a partir de aglomerados para exercer funções, assim como os órgãos. Todos são conglomerados de células. As células são originadas quando há algum tipo de membrana que abrange todo o seu núcleo – sendo constituída por um núcleo, citoplasma e o seu envoltório.

Os órgãos por sua vez, formam-se a partir do agrupamento de diversos tecidos, dentro do nosso organismo – sendo tecidos vistos como epitelial, muscular, nervoso e conjuntivo. Diferentes quantidades destes tipos de tecido acabam se conglomerando para formar órgãos. Boa parte dos órgãos que estão presentes no nosso corpo são conglomerados com diferentes proporções dos quatro tipos de tecidos mencionados anteriormente.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Para compreender como ocorre a formação de estruturas e órgãos corporais, devemos colocar em prática nossos estudos que relacionam a Psicologia do Desenvolvimento, mais especificamente sobre o Ciclo Vital. Os seres humanos são seres complexos e multicelulares, sendo que a maioria das nossas células não está em contato direto com o ambiente externo ao nosso corpo.

São diversas as estruturas dentro do nosso corpo que permitem que ele funcione como um todo, os sistemas funcionam em cooperação entre si, ainda assim sendo especialista em determinadas funcionalidades. As células do nosso corpo podem ser definidas em duas formas: unicelulares e multicelulares, sendo elas organizadas por meio de tecidos para realizarem funções para órgãos especializados do nosso corpo.

De acordo com o tipo de órgão, temos um tipo de organização – o que está diretamente ligado ao tipo de função que o órgão realiza sobre o corpo. As células se formam a partir de aglomerados para exercer funções, assim como os órgãos. Todos são conglomerados de células. As células são originadas quando há algum tipo de membrana que abrange todo o seu núcleo – sendo constituída por um núcleo, citoplasma e o seu envoltório.

Os órgãos por sua vez, formam-se a partir do agrupamento de diversos tecidos, dentro do nosso organismo – sendo tecidos vistos como epitelial, muscular, nervoso e conjuntivo. Diferentes quantidades destes tipos de tecido acabam se conglomerando para formar órgãos. Boa parte dos órgãos que estão presentes no nosso corpo são conglomerados com diferentes proporções dos quatro tipos de tecidos mencionados anteriormente.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas