A maior rede de estudos do Brasil

Em quais casos a União poderá instituir empréstimos compulsórios ?

cederj; legislação tributária ; adm. 


6 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

DLRV Advogados Verified user icon

Há mais de um mês

A Constituição, em seu artigo 148, determina que a União poderá instituir empréstimos compulsórios em duas situações:

  • para atender a despesas extraordinárias, decorrentes de calamidade pública, de guerra externa ou sua iminência;
  • no caso de investimento público de caráter urgente e de relevante interesse nacional, observado o disposto no art. 150, III, b.

"Art. 150. Sem prejuízo de outras garantias asseguradas ao contribuinte, é vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios:

III - cobrar tributos:

b) no mesmo exercício financeiro em que haja sido publicada a lei que os instituiu ou aumentou; "

Nos dois casos, a aplicação dos recursos provenientes de empréstimo compulsório será vinculada à despesa que fundamentou sua instituição.

A Constituição, em seu artigo 148, determina que a União poderá instituir empréstimos compulsórios em duas situações:

  • para atender a despesas extraordinárias, decorrentes de calamidade pública, de guerra externa ou sua iminência;
  • no caso de investimento público de caráter urgente e de relevante interesse nacional, observado o disposto no art. 150, III, b.

"Art. 150. Sem prejuízo de outras garantias asseguradas ao contribuinte, é vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios:

III - cobrar tributos:

b) no mesmo exercício financeiro em que haja sido publicada a lei que os instituiu ou aumentou; "

Nos dois casos, a aplicação dos recursos provenientes de empréstimo compulsório será vinculada à despesa que fundamentou sua instituição.

User badge image

Akila Gonçalves Godinho

Há mais de um mês

O empréstimo compulsório é espécie de tributo, de competência exclusiva da União, não vinculado à atividade estatal, com destinação específica (o valor arrecadado pelo tributo tem destinação legalmente estabelecida) e restituível, uma vez que o ente arrecadador tem o dever de devolver o valor pago ao contribuinte, cuja criação depende de lei complementar.

User badge image

Akila Gonçalves Godinho

Há mais de um mês

Art. 148. A União, mediante lei complementar, poderá instituir empréstimos compulsórios. [...]

User badge image

Akila Gonçalves Godinho

Há mais de um mês

Uma vez criado o empréstimo compulsório, imediatamente já se faz possível a cobrança do tributo, uma vez que diante do panorama, não há necessidade de observância ao princípio da anterioridade anual, nem nonagesimal.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas