A maior rede de estudos do Brasil

Como o direito positivo será considerado injusto ao ser contra uma tendência natural do homem?Explique a lógica de equidade para São Tomas de Aquino

Filosofia

IBMEC


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

O direito positivo pode ser definido como um conjunto de normas estatais que regem o sistema de um país., como por exemplo o Brasil. Assim, com o surgimento desse direito, o Estado passa a fornecer subsídios para que os direitos de cada um dos cidadãos sejam reivindicados. Comparado ao Direito Natural, o direito positivo tem caráter oposto, ou seja, é subjetivo.

Podemos afirmar ainda que o direito positivo é aquele que existe apenas nas leis criadas pelo “homem”, e que é imposta pelo Estado. O seu objetivo é de atingir a justiça, ou seja, a resposta certa e mais justa para uma determinada situação, através de regras, leis, e normas, abordadas através do julgamento feito por um juiz.

O direito natural, diferente do positivo que visa fazer justiça através de regras e leis, defende a existência de um Direito maior que é regido pelos direitos humanos. Na visão dos jusnaturalistas, aqueles que defendem o direito natural, este último prevalece sobre o direito positivo por ser mais amplo e flexível nas resoluções de conflitos, já que não fica preso em regras e leis pré-estabelecidas.

O direito positivo pode ser definido como um conjunto de normas estatais que regem o sistema de um país., como por exemplo o Brasil. Assim, com o surgimento desse direito, o Estado passa a fornecer subsídios para que os direitos de cada um dos cidadãos sejam reivindicados. Comparado ao Direito Natural, o direito positivo tem caráter oposto, ou seja, é subjetivo.

Podemos afirmar ainda que o direito positivo é aquele que existe apenas nas leis criadas pelo “homem”, e que é imposta pelo Estado. O seu objetivo é de atingir a justiça, ou seja, a resposta certa e mais justa para uma determinada situação, através de regras, leis, e normas, abordadas através do julgamento feito por um juiz.

O direito natural, diferente do positivo que visa fazer justiça através de regras e leis, defende a existência de um Direito maior que é regido pelos direitos humanos. Na visão dos jusnaturalistas, aqueles que defendem o direito natural, este último prevalece sobre o direito positivo por ser mais amplo e flexível nas resoluções de conflitos, já que não fica preso em regras e leis pré-estabelecidas.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

O direito positivo pode ser definido como um conjunto de normas estatais que regem o sistema de um país., como por exemplo o Brasil. Assim, com o surgimento desse direito, o Estado passa a fornecer subsídios para que os direitos de cada um dos cidadãos sejam reivindicados. Comparado ao Direito Natural, o direito positivo tem caráter oposto, ou seja, é subjetivo.

Podemos afirmar ainda que o direito positivo é aquele que existe apenas nas leis criadas pelo “homem”, e que é imposta pelo Estado. O seu objetivo é de atingir a justiça, ou seja, a resposta certa e mais justa para uma determinada situação, através de regras, leis, e normas, abordadas através do julgamento feito por um juiz.

O direito natural, diferente do positivo que visa fazer justiça através de regras e leis, defende a existência de um Direito maior que é regido pelos direitos humanos. Na visão dos jusnaturalistas, aqueles que defendem o direito natural, este último prevalece sobre o direito positivo por ser mais amplo e flexível nas resoluções de conflitos, já que não fica preso em regras e leis pré-estabelecidas.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

O direito positivo pode ser definido como um conjunto de normas estatais que regem o sistema de um país., como por exemplo o Brasil. Assim, com o surgimento desse direito, o Estado passa a fornecer subsídios para que os direitos de cada um dos cidadãos sejam reivindicados. Comparado ao Direito Natural, o direito positivo tem caráter oposto, ou seja, é subjetivo.

Podemos afirmar ainda que o direito positivo é aquele que existe apenas nas leis criadas pelo “homem”, e que é imposta pelo Estado. O seu objetivo é de atingir a justiça, ou seja, a resposta certa e mais justa para uma determinada situação, através de regras, leis, e normas, abordadas através do julgamento feito por um juiz.

O direito natural, diferente do positivo que visa fazer justiça através de regras e leis, defende a existência de um Direito maior que é regido pelos direitos humanos. Na visão dos jusnaturalistas, aqueles que defendem o direito natural, este último prevalece sobre o direito positivo por ser mais amplo e flexível nas resoluções de conflitos, já que não fica preso em regras e leis pré-estabelecidas.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas