A maior rede de estudos do Brasil

como diferenciar uma eudicotiledonea de uma monocotiledonea???


4 resposta(s)

User badge image

Wagner Silva

Há mais de um mês

       As diferenças entre esses grupos se baseiam em algumas características dos vegetais. Por exemplo: 
Monocotiledôneas (
Liliopsida) (Monocotyledoneae): possuem apenas um cotilédone, raízes fasciculadas, folhas com nervura paralelinérveas, feixes condutores difusos pelo caule, flores e frutos geralmente trímeros. 
Dicotiledôneas (
Magnoliopsida) (Eudicotyledoneae) : possuem dois cotilédones, as raízes são do tipo axial ( raiz  pivotante, que se aprofunda no solo para fizar a planta), feixes condutores ordenados, folhas com nervuras ramificadas, flores e frutos geralmente tetrâmeros 
 

       As diferenças entre esses grupos se baseiam em algumas características dos vegetais. Por exemplo: 
Monocotiledôneas (
Liliopsida) (Monocotyledoneae): possuem apenas um cotilédone, raízes fasciculadas, folhas com nervura paralelinérveas, feixes condutores difusos pelo caule, flores e frutos geralmente trímeros. 
Dicotiledôneas (
Magnoliopsida) (Eudicotyledoneae) : possuem dois cotilédones, as raízes são do tipo axial ( raiz  pivotante, que se aprofunda no solo para fizar a planta), feixes condutores ordenados, folhas com nervuras ramificadas, flores e frutos geralmente tetrâmeros 
 

User badge image

Renato Colares Pereira

Há mais de um mês

Inicialmente deve-se ater ao fato de que existem outros grupos de plantas com flor além desses dois. Logo algumas das características utilizadas para distinção desses dois grupos não funcionam para todas as angiospermas.

No geral:

Monocotiledôneas tem raizes fasciculadas, folhas com nervuras paralelórdromas ou derivadas desse padrão (paralelinérvias), caule com crescimento primário apenas, flores trímeras ou derivadas deste padrão e sementes com apenas um cotilédone.

Dicotiledôneas tem rais axiais, folhas com nervuras diversas (raramente paralelódromas), caule apresenta crescimento secundário, flores em sua maioria tetrâmeras ou pentâmeras, e sementes com dois cotilédones independentes

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes