A maior rede de estudos do Brasil

Qual a diferença entre avaliação primária e secundária no APH traumático

Enfermagem Trauma e Emergência

Biológicas / Saúde


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

A avaliação / pesquisa secundária é feita assim que a pesquisa primária é concluída e lesões não fatais podem ser avaliadas. Esta pesquisa pode ser realizada após a remoção do atleta do campo. Ao realizar esse tipo de avaliação, é vital que o clínico obtenha o máximo de informações possível para diagnosticar adequadamente a pessoa ferida.

Essa avaliação envolve muitas coisas diferentes e pode ser feita em etapas. Os médicos devem ter um histórico completo do indivíduo, uma descrição completa do que a pessoa sentiu, sente, como foi ferida, o que mais machuca, onde mais machuca, etc. Os médicos também devem poder determinar se o o indivíduo tem função apropriada da área lesionada ou se precisa de EMS.

A avaliação secundária é usada após a avaliação primária. É aqui que o médico passa passo a passo da cabeça aos pés para descobrir o que aconteceu. Isso pode incluir, entre outros, inspeção, palpação óssea e dos tecidos moles, testes especiais, circulação e neurologia. Avaliações secundárias são usadas para determinar a lesão, como a lesão ocorreu, qual a gravidade da lesão e para eliminar outras lesões.

A avaliação / pesquisa secundária é feita assim que a pesquisa primária é concluída e lesões não fatais podem ser avaliadas. Esta pesquisa pode ser realizada após a remoção do atleta do campo. Ao realizar esse tipo de avaliação, é vital que o clínico obtenha o máximo de informações possível para diagnosticar adequadamente a pessoa ferida.

Essa avaliação envolve muitas coisas diferentes e pode ser feita em etapas. Os médicos devem ter um histórico completo do indivíduo, uma descrição completa do que a pessoa sentiu, sente, como foi ferida, o que mais machuca, onde mais machuca, etc. Os médicos também devem poder determinar se o o indivíduo tem função apropriada da área lesionada ou se precisa de EMS.

A avaliação secundária é usada após a avaliação primária. É aqui que o médico passa passo a passo da cabeça aos pés para descobrir o que aconteceu. Isso pode incluir, entre outros, inspeção, palpação óssea e dos tecidos moles, testes especiais, circulação e neurologia. Avaliações secundárias são usadas para determinar a lesão, como a lesão ocorreu, qual a gravidade da lesão e para eliminar outras lesões.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas