A maior rede de estudos do Brasil

transferencia de calor

Determine a carga térmica por insolação em um ambiente de trabalho, no período de janeiro, sabendo que possui 200m2 de área de janelas com persianas externas cujo fator de redução fica entre 0,13 e 0,20. Considere que o ambiente ao longo do dia varia de E para N, com relação ao Sol.


1 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Carga Térmica é o total de calor a ser removido do ambiente e dos produtos que serão refrigerados (câmara), que é proveniente de:

1.1 – Carga de Transmissão (Q1).

É o calor que penetra na câmara pelas paredes, teto e piso.

Q1 = U. A (Te – Ti). 24h Kcal/24h

Q1 = Carga total

A = Área de troca de calor (m2)

U = Coeficiente global de transmissão de calor em (kaca/h. m². °C)

Te – Ti = Dt temperaturas externa e interna respectivamente (°C)

1.2 – Calor do produto (Q2).

A)    Calor removido no resfriamento

B)    Calor removido no resfriamento até a temperatura de início de congelamento.

C)    Calor removido no congelamento

D)    Calor removido na redução de temperatura entre o início de congelamento até o valor final desejado.

Qa = m. C1. (t1 – t2)

Qb = m. C1. (t1 – t)

Qc = m  L

Qd = m . C2. (t – tf)

Onde:

Q – Calor removido (kcal)

M – massa do produto (Kg)

C1 – Calor específico

T1 – Temperatura inicial do produto

T2 – Temperatura a que se que levar o produto no resfriamento (°C)

T – Temperatura de início do congelamento do produto ((°C)

L – Calor latente para congelamento do produto (Kcal/Kg)

C2 – calor específico do produto abaixo do ponto de congelamento (Kcal/Kg.°C)

Tf – temperatura final a que se quer levar o produto no congelamento.

Carga Térmica é o total de calor a ser removido do ambiente e dos produtos que serão refrigerados (câmara), que é proveniente de:

1.1 – Carga de Transmissão (Q1).

É o calor que penetra na câmara pelas paredes, teto e piso.

Q1 = U. A (Te – Ti). 24h Kcal/24h

Q1 = Carga total

A = Área de troca de calor (m2)

U = Coeficiente global de transmissão de calor em (kaca/h. m². °C)

Te – Ti = Dt temperaturas externa e interna respectivamente (°C)

1.2 – Calor do produto (Q2).

A)    Calor removido no resfriamento

B)    Calor removido no resfriamento até a temperatura de início de congelamento.

C)    Calor removido no congelamento

D)    Calor removido na redução de temperatura entre o início de congelamento até o valor final desejado.

Qa = m. C1. (t1 – t2)

Qb = m. C1. (t1 – t)

Qc = m  L

Qd = m . C2. (t – tf)

Onde:

Q – Calor removido (kcal)

M – massa do produto (Kg)

C1 – Calor específico

T1 – Temperatura inicial do produto

T2 – Temperatura a que se que levar o produto no resfriamento (°C)

T – Temperatura de início do congelamento do produto ((°C)

L – Calor latente para congelamento do produto (Kcal/Kg)

C2 – calor específico do produto abaixo do ponto de congelamento (Kcal/Kg.°C)

Tf – temperatura final a que se quer levar o produto no congelamento.

Essa pergunta já foi respondida!