A maior rede de estudos do Brasil

Ciência Politica

Pensadores como Thomas Hobbes e John Locke são considerados os primeiros contratualistas, ou seja, afirmam que a origem do estado está num contrato. Explique de forma resumida como esta passagem ocorre:


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para Thomas Hobbes, o contrato social foi necessário, afirmava ele, que o homem estava em um estado de guerra, e de conflitos por interesses, e o mesmo necessitava de um estado a qual depender para administrar e manejar de forma legal a paz entre os indivíduos.


Para John Locke, o homem vivia num estado natural, onde se gozava de todos os benefícios naturais, onde não se havia organização política a qual recorrer. Logo inconsequentemente alguns homens passaram a possuir mais benefícios de vida do que outros, e daí surgiu os conflitos e as guerras, logo entrou-se em consenso para administrar a paz através do contrato social.


É perceptível que eles entram em consenso para o contrato social.

Para Thomas Hobbes, o contrato social foi necessário, afirmava ele, que o homem estava em um estado de guerra, e de conflitos por interesses, e o mesmo necessitava de um estado a qual depender para administrar e manejar de forma legal a paz entre os indivíduos.


Para John Locke, o homem vivia num estado natural, onde se gozava de todos os benefícios naturais, onde não se havia organização política a qual recorrer. Logo inconsequentemente alguns homens passaram a possuir mais benefícios de vida do que outros, e daí surgiu os conflitos e as guerras, logo entrou-se em consenso para administrar a paz através do contrato social.


É perceptível que eles entram em consenso para o contrato social.

User badge image

Liane Lopes

Há mais de um mês

A passagem se dá em decorrência da necessidade do homem em se perpetuar, com isso abrem mão de seu estado natural, ou seja, de sua total liberdade em prol de um contrato , um pacto social formando o Estado, logo o estado artificial do homem pq no Estado ele é regra do por normas que ditam o que é lícito ou não. As atitudes ilícitas serão punidas e com medo da punição os homens se submetem ao Estado que proporciona a paz social necessária para a sobrevivência humana.
User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

Para Thomas Hobbes, o contrato social foi necessário, afirmava ele, que o homem estava em um estado de guerra, e de conflitos por interesses, e o mesmo necessitava de um estado a qual depender para administrar e manejar de forma legal a paz entre os indivíduos.


Para John Locke, o homem vivia num estado natural, onde se gozava de todos os benefícios naturais, onde não se havia organização política a qual recorrer. Logo inconsequentemente alguns homens passaram a possuir mais benefícios de vida do que outros, e daí surgiu os conflitos e as guerras, logo entrou-se em consenso para administrar a paz através do contrato social.


É perceptível que eles entram em consenso para o contrato social.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

Para Thomas Hobbes, o contrato social foi necessário, afirmava ele, que o homem estava em um estado de guerra, e de conflitos por interesses, e o mesmo necessitava de um estado a qual depender para administrar e manejar de forma legal a paz entre os indivíduos.


Para John Locke, o homem vivia num estado natural, onde se gozava de todos os benefícios naturais, onde não se havia organização política a qual recorrer. Logo inconsequentemente alguns homens passaram a possuir mais benefícios de vida do que outros, e daí surgiu os conflitos e as guerras, logo entrou-se em consenso para administrar a paz através do contrato social.


É perceptível que eles entram em consenso para o contrato social.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas