A maior rede de estudos do Brasil

Como é o ciclo biológico do Echinococcus granulosus?

Parasitologia

UNICRUZ


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para responder essa pergunta devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre Parasitologia.Por definição, parasitas e parasitoides consistem em organismos que transcorrem uma parcela de seu ciclo de vida presos ou no interior do corpo de um organismo hospedeiro. A diferença entre os parasitas e parasitoides é que no final do ciclo larval do parasitoide o hospedeiro morre.

Como exemplo de parasitas, cita-se os vírus é uma palavra que deriva do latim que significa fluido venenoso, toxina. Apresenta uma composição muito simples uma cápsula proteica envolvendo um material genético (DNA ou RNA). Os vírus não são podem ser considerados seres vivos, uma vez que os mesmos precisam ser parasitas, isto é, dependem do organismo de outros seres para viverem e se reproduzirem.Nesse contexto, o Echinococcus granulosus consiste em um platelminto que parasita o intestino de cães e que utilizam animais herbívoros como hospedeiro intermediário. A figura abaixo exibe o ciclo biológico do Echinococcus granulosus.


Ciclo do Echinococcus granulosus. Fonte: CDC/GOV. Acesso 10 jun. 2019.

Para responder essa pergunta devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre Parasitologia.Por definição, parasitas e parasitoides consistem em organismos que transcorrem uma parcela de seu ciclo de vida presos ou no interior do corpo de um organismo hospedeiro. A diferença entre os parasitas e parasitoides é que no final do ciclo larval do parasitoide o hospedeiro morre.

Como exemplo de parasitas, cita-se os vírus é uma palavra que deriva do latim que significa fluido venenoso, toxina. Apresenta uma composição muito simples uma cápsula proteica envolvendo um material genético (DNA ou RNA). Os vírus não são podem ser considerados seres vivos, uma vez que os mesmos precisam ser parasitas, isto é, dependem do organismo de outros seres para viverem e se reproduzirem.Nesse contexto, o Echinococcus granulosus consiste em um platelminto que parasita o intestino de cães e que utilizam animais herbívoros como hospedeiro intermediário. A figura abaixo exibe o ciclo biológico do Echinococcus granulosus.


Ciclo do Echinococcus granulosus. Fonte: CDC/GOV. Acesso 10 jun. 2019.

User badge image

Lu Fujino

Há mais de um mês

Echinococcus granulosus é um parasita pertencente à Classe Cestoda, tendo um ciclo de vida envolvendo dois hospedeiros. O verme adulto vive no intestino delgado do cão e outros canídeos e a forma larval (metacestóide) desenvolve-se principalmente no fígado e pulmão dos hospedeiros intermediários, que podem ser ovinos, bovinos e humanos.

O metacestóide (cisto) de E. granulosus é unilocular, de forma sub-esférica e repleto de líquido hidático. O cisto consiste de uma membrana germinativa suportada externamente por uma camada laminada acelular, a qual é, por sua vez, envolvida por uma camada adventícia produzida pelo hospedeiro. Na membrana germinativa formam-se as cápsulas prolígeras, onde se originam os protoescólices . Estes podem se desenvolver no verme adulto quando ingeridos pelo hospedeiro definitivo. Quando atingem a maturidade, os vermes adultos liberam a última proglote repleta de ovos, os quais são eliminados com as fezes e podem, então, ser ingeridos pelo hospedeiro intermediário. No estômago e intestino delgado eles eclodem dando origem às oncosferas que penetram na parede intestinal e atingem o fígado ou pulmões através da circulação. Nestes órgãos inicia-se o desenvolvimento que levará à formação do metacestóide.

O cisto hidático é a forma patogênica do E. granulosus. A patogenia é devida principalmente à pressão física que o desenvolvimento do cisto exerce sobre as vísceras do hospedeiro. Além disso, anafilaxia pode também ocorrer quando um cisto se rompe e libera grandes quantidades de líquido hidático na cavidade do corpo.

Fonte: http://www.ufrgs.br/depbiot/206/egranu.htm

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas