A maior rede de estudos do Brasil

QUAL A ASSITENCIA DE ENFERMAGEM IDEAL PARA UM PACIENTE COM TRANSTORNO BIPOLAR

Saúde MentalESTÁCIO

1 resposta(s)

User badge image

simone

Há mais de um mês

Assistência de Enfermagem com pacientes em Transtorno Bipolar 1. Apoie o paciente em momentos difíceis. Mantenha os medicamentos na dose certa e no horário prescrito; 2. Seja firme e tenha paciência. Isso porque o relacionamento com o paciente em euforia pode ser desgastante; 3. Detecte com o paciente os primeiros sinais de uma recaída; se ele considerar como intromissão, afirme que seu papel é auxiliá-lo; 4. Fale com o médico em caso de suspeita de ideias de suicídio e desesperança; 5. Estabeleça regras de proteção durante fases de normalidade do humor; 6. Auxilie a manter boa higiene de sono e programe atividades antecipadamente; 7. Não exija demais do paciente e não o superproteja; auxilie-o a fazer algumas atividades, quando necessário; 8. Evite demonstrar sinais de preconceito que favoreçam ao abandono do tratamento; 9. Aproveite períodos de equilíbrio para diferenciar depressão e euforia de sentimentos normais de tristeza e alegria; 10. Participe de terapias em grupo, e orientações psico-educacionais. Na Fase Depressiva 1. Assumir responsabilidades pela segurança do paciente; 2. Deve estimulá-lo a falar, para que possa verbalizar seus sentimentos e idéias de auto-depreciação; 3. Avaliar seu nível de esperança; 4. Deve usar frases curtas e claras; 5. Usar o silêncio; 6. Ocupar e socializar o paciente são formas de elevar a auto-estima; 7. Comentar positivamente suas conquistas; 8. Observar sono e verificar problemas somáticos; 9. Observar a alimentação e o auto-cuidado. Na Fase maníaca 1. Deve-se ter uma observação constante e relato das manifestações de comportamento do paciente; 2. O maníaco deve permanecer em local com poucos pacientes e o ambiente deve ser o mais tranqüilo possível, com o mínimo de estímulos; 3. Ouvir reflexivamente; 4. Deve-se usar tom baixo de voz, frases curtas e linguagem clara; 5. Tentar manter seu discurso coerente; 6. Impor limites; 7. Ajudá-lo em sua higiene; 8. Evitar que seja alvo de zo

Assistência de Enfermagem com pacientes em Transtorno Bipolar 1. Apoie o paciente em momentos difíceis. Mantenha os medicamentos na dose certa e no horário prescrito; 2. Seja firme e tenha paciência. Isso porque o relacionamento com o paciente em euforia pode ser desgastante; 3. Detecte com o paciente os primeiros sinais de uma recaída; se ele considerar como intromissão, afirme que seu papel é auxiliá-lo; 4. Fale com o médico em caso de suspeita de ideias de suicídio e desesperança; 5. Estabeleça regras de proteção durante fases de normalidade do humor; 6. Auxilie a manter boa higiene de sono e programe atividades antecipadamente; 7. Não exija demais do paciente e não o superproteja; auxilie-o a fazer algumas atividades, quando necessário; 8. Evite demonstrar sinais de preconceito que favoreçam ao abandono do tratamento; 9. Aproveite períodos de equilíbrio para diferenciar depressão e euforia de sentimentos normais de tristeza e alegria; 10. Participe de terapias em grupo, e orientações psico-educacionais. Na Fase Depressiva 1. Assumir responsabilidades pela segurança do paciente; 2. Deve estimulá-lo a falar, para que possa verbalizar seus sentimentos e idéias de auto-depreciação; 3. Avaliar seu nível de esperança; 4. Deve usar frases curtas e claras; 5. Usar o silêncio; 6. Ocupar e socializar o paciente são formas de elevar a auto-estima; 7. Comentar positivamente suas conquistas; 8. Observar sono e verificar problemas somáticos; 9. Observar a alimentação e o auto-cuidado. Na Fase maníaca 1. Deve-se ter uma observação constante e relato das manifestações de comportamento do paciente; 2. O maníaco deve permanecer em local com poucos pacientes e o ambiente deve ser o mais tranqüilo possível, com o mínimo de estímulos; 3. Ouvir reflexivamente; 4. Deve-se usar tom baixo de voz, frases curtas e linguagem clara; 5. Tentar manter seu discurso coerente; 6. Impor limites; 7. Ajudá-lo em sua higiene; 8. Evitar que seja alvo de zo

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes