A maior rede de estudos do Brasil

Tensão nominal (kV): 60kV. (É a tensão que está sendo testada). Resultado das testes das tensões: 52 kV; 53,3 kV; 53,80 kV e 53 kV

Você é um tecnólogo em radiologia responsável pelo setor do radiodiagnóstico de um hospital de grande porte. Os médicos radiologistas estão questionando a qualidade das imagens, reclamando que algumas imagens estão muitos claras e outras estão escuras (enegrecida). Você vai conversar com os operadores dos equipamentos de raios X e conclui que as técnicas e procedimentos utilizados estão corretos. Falta investigar o equipamento de raios X. O hospital tem o setor de engenharia clínica que executa alguns testes para avaliar a tensão do tubo (kV)  e obtém como resultado os seguintes valores.

 

Tensão nominal (kV): 60kV. (É a tensão que está sendo testada).

Resultado das testes das tensões: 52 kV; 53,3 kV; 53,80 kV e 53 kV

 

PERGUNTA 1: Qual teste você deve aplicar nos valores fornecidos pelo setor de engenharia clínica?

 

PERGUNTA 2: Qual a periodicidade dos testes citados acima?

 

PERGUNTA 3: Com base nos resultados dos testes aplicados, o equipamento está aprovado ou reprovado? (Não precisa mostrar os cálculos, só os resultados finais e a conclusão se aprovado ou reprovado)

Radiologia

UNINOVE


12 resposta(s)

User badge image

Leonardo Rabelo

Há mais de um mês

PERGUNTA 1: Qual teste você deve aplicar nos valores fornecidos pelo setor de engenharia clínica?

R:

Com o uso constante do equipamento, é necessário verificar a qualidade do mesmo se haja alguma falha que possa atrapalhar no exame, com base nisso é de extrema importância verificar o (KVP) e o tempo (T), para que possa se obter resultados que determina se o tubo está em condições estáveis. Para isso é necessário por parte da engenharia clinica executar os seguintes testes no equipamento:

Reprodutibilidade: O processo de reprodutibilidade é o valor máximo de kVp pelo tempo de exposição, junto do valor mínimo de kVp. Nesse teste é possível obter a o pico de corrente que está no tubo. De acordo com a Portaria MS 453/98 deve haver uma variação máxima de até ± 10 % entre as tensões e uma reprodutibilidade de ± 10 %. Isto é, quando se seleciona 80 kVp, pode haver uma variação no feixe na faixa de 72 até 88 kVp.

Linearidade: O teste de linearidade é possível identificar se as correntes aplicadas de (mAs e MA) mantém o mesmo valor. É usado o valor máximo de kerma e o valor mínimo, com esse teste é possível obter uma informação do rendimento do tubo e se o mesmo está mantendo mesma tensão da corrente e da exposição.

Com base nos valores apresentados das tensões 52 kV; 53,3 kV; 53,80 kV e 53 kV, é possível chegar a conclusão se o teste de exatidão foi reprovado ou aprovado. É importante por parte da engenharia clinica realizar o acompanhamento do equipamento, e até mesmo o profissional informar quando perceber que o tubo não está apresentando uma boa qualidade no exame por algum fator técnico que possa estar corrompido, e necessita de um teste de exatidão para analisar o que está causando a falha.

PERGUNTA 2: Qual a periodicidade dos testes citados acima?
R:
Os testes devem ser realizados de acordo com a necessidade, segunda a legislação, quaisquer modificações a serem introduzidas nas dependências do serviço ou nos equipamentos de raios x. Reprodutibilidade de ± 10 %, sendo que os testes de exatidao devem estar dentro dos parametros em uma margem de 10%.

PERGUNTA 3: Com base nos resultados dos testes aplicados, o equipamento está aprovado ou reprovado? (Não precisa mostrar os cálculos, só os resultados finais e a conclusão se aprovado ou reprovado)
R:Tensão nominal (kV): 60kV (Tensão testada no equipamento.
52 kV - Reprovado
53,3 kV -  Reprovado
53,80 kV - Reprovado
53 kV - Reprovado
Exatidao= 11,5% reprovado
Reprodutibilidade = 3,2% aprovado.
Com base nos valores obtidos, chegamos a conclusão que o aparelho não está dentro dos critérios de avaliação.

 

PERGUNTA 1: Qual teste você deve aplicar nos valores fornecidos pelo setor de engenharia clínica?

R:

Com o uso constante do equipamento, é necessário verificar a qualidade do mesmo se haja alguma falha que possa atrapalhar no exame, com base nisso é de extrema importância verificar o (KVP) e o tempo (T), para que possa se obter resultados que determina se o tubo está em condições estáveis. Para isso é necessário por parte da engenharia clinica executar os seguintes testes no equipamento:

Reprodutibilidade: O processo de reprodutibilidade é o valor máximo de kVp pelo tempo de exposição, junto do valor mínimo de kVp. Nesse teste é possível obter a o pico de corrente que está no tubo. De acordo com a Portaria MS 453/98 deve haver uma variação máxima de até ± 10 % entre as tensões e uma reprodutibilidade de ± 10 %. Isto é, quando se seleciona 80 kVp, pode haver uma variação no feixe na faixa de 72 até 88 kVp.

Linearidade: O teste de linearidade é possível identificar se as correntes aplicadas de (mAs e MA) mantém o mesmo valor. É usado o valor máximo de kerma e o valor mínimo, com esse teste é possível obter uma informação do rendimento do tubo e se o mesmo está mantendo mesma tensão da corrente e da exposição.

Com base nos valores apresentados das tensões 52 kV; 53,3 kV; 53,80 kV e 53 kV, é possível chegar a conclusão se o teste de exatidão foi reprovado ou aprovado. É importante por parte da engenharia clinica realizar o acompanhamento do equipamento, e até mesmo o profissional informar quando perceber que o tubo não está apresentando uma boa qualidade no exame por algum fator técnico que possa estar corrompido, e necessita de um teste de exatidão para analisar o que está causando a falha.

PERGUNTA 2: Qual a periodicidade dos testes citados acima?
R:
Os testes devem ser realizados de acordo com a necessidade, segunda a legislação, quaisquer modificações a serem introduzidas nas dependências do serviço ou nos equipamentos de raios x. Reprodutibilidade de ± 10 %, sendo que os testes de exatidao devem estar dentro dos parametros em uma margem de 10%.

PERGUNTA 3: Com base nos resultados dos testes aplicados, o equipamento está aprovado ou reprovado? (Não precisa mostrar os cálculos, só os resultados finais e a conclusão se aprovado ou reprovado)
R:Tensão nominal (kV): 60kV (Tensão testada no equipamento.
52 kV - Reprovado
53,3 kV -  Reprovado
53,80 kV - Reprovado
53 kV - Reprovado
Exatidao= 11,5% reprovado
Reprodutibilidade = 3,2% aprovado.
Com base nos valores obtidos, chegamos a conclusão que o aparelho não está dentro dos critérios de avaliação.

 

User badge image

Rafael Couto

Há mais de um mês

Leonardo Rabelo tudo bem? 

Cara você teve essas respostas já? Estava precisando também, está dificil acha-lás

User badge image

Rafael Couto

Há mais de um mês

Ótimo Leonardo, só essa 3 que estava me matando, obrigado

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes