Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Quais são os acidentes ósseos presentes na epífise distal do úmero ?

anatomia locomotora


7 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Os acidentes ósseos constituem marcas na superfície óssea presentes após o término de crescimento e desenvolvimento dessa estrutura. No caso do úmero, por ser um osso longo, podemos localizar os acidentes conforme sua posição no osso. Dessa forma, os acidentes podem estar presentes na epífise proximal, na epífise distal e na diáfise. Na epífise distal encontramos os seguintes acidentes:

Depressões: Fossa Coronóide (recebe o processo coronóide da ulna), Fossa Radial, Fossa do Olécrano (formato triangular que recebe o olécrano na extensão do antebraço), Sulco do Nervo Ulnar (localizada inferiormente ao epicôndilo medial).

Eminências: Capítulo (de aspecto liso e arredondado que se articula com o rádio), Epicôndilo Lateral (turberculada, encontrado lateralmente ao capítulo).

Outros: Tróclea (formato semelhante ao de um carretel e articula-se com a ulna), Epicôndilo Medial (recebe esse nome por se localizar medialmente à tróclea).

Os acidentes ósseos constituem marcas na superfície óssea presentes após o término de crescimento e desenvolvimento dessa estrutura. No caso do úmero, por ser um osso longo, podemos localizar os acidentes conforme sua posição no osso. Dessa forma, os acidentes podem estar presentes na epífise proximal, na epífise distal e na diáfise. Na epífise distal encontramos os seguintes acidentes:

Depressões: Fossa Coronóide (recebe o processo coronóide da ulna), Fossa Radial, Fossa do Olécrano (formato triangular que recebe o olécrano na extensão do antebraço), Sulco do Nervo Ulnar (localizada inferiormente ao epicôndilo medial).

Eminências: Capítulo (de aspecto liso e arredondado que se articula com o rádio), Epicôndilo Lateral (turberculada, encontrado lateralmente ao capítulo).

Outros: Tróclea (formato semelhante ao de um carretel e articula-se com a ulna), Epicôndilo Medial (recebe esse nome por se localizar medialmente à tróclea).

User badge image

Márcia Corcino

Há mais de um mês

na parte anterior temos: Epicôndrio medial, troclea, fossa coracoide, capitulo, fossa radial, epicôndrio lateral. na parte posterior temos a fossa do olécrano. 

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

Os acidentes ósseos constituem marcas na superfície óssea presentes após o término de crescimento e desenvolvimento dessa estrutura. No caso do úmero, por ser um osso longo, podemos localizar os acidentes conforme sua posição no osso. Dessa forma, os acidentes podem estar presentes na epífise proximal, na epífise distal e na diáfise. Na epífise distal encontramos os seguintes acidentes:

Depressões: Fossa Coronóide (recebe o processo coronóide da ulna), Fossa Radial, Fossa do Olécrano (formato triangular que recebe o olécrano na extensão do antebraço), Sulco do Nervo Ulnar (localizada inferiormente ao epicôndilo medial).

Eminências: Capítulo (de aspecto liso e arredondado que se articula com o rádio), Epicôndilo Lateral (turberculada, encontrado lateralmente ao capítulo).

Outros: Tróclea (formato semelhante ao de um carretel e articula-se com a ulna), Epicôndilo Medial (recebe esse nome por se localizar medialmente à tróclea).

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

Os acidentes ósseos constituem marcas na superfície óssea presentes após o término de crescimento e desenvolvimento dessa estrutura. No caso do úmero, por ser um osso longo, podemos localizar os acidentes conforme sua posição no osso. Dessa forma, os acidentes podem estar presentes na epífise proximal, na epífise distal e na diáfise. Na epífise distal encontramos os seguintes acidentes:

Depressões: Fossa Coronóide (recebe o processo coronóide da ulna), Fossa Radial, Fossa do Olécrano (formato triangular que recebe o olécrano na extensão do antebraço), Sulco do Nervo Ulnar (localizada inferiormente ao epicôndilo medial).

Eminências: Capítulo (de aspecto liso e arredondado que se articula com o rádio), Epicôndilo Lateral (turberculada, encontrado lateralmente ao capítulo).

Outros: Tróclea (formato semelhante ao de um carretel e articula-se com a ulna), Epicôndilo Medial (recebe esse nome por se localizar medialmente à tróclea).

Essa pergunta já foi respondida!