Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

o que é sistema de esgoto sanitário convencional?

Saneamento

Humanas / Sociais


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

De acordo com a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), SES “é o conjunto de condutos, instalações e equipamentos destinados a coletar, transportar, condicionar e encaminhar somente o esgoto sanitário a uma disposição final conveniente, de modo contínuo e higienicamente seguro”. Quando um imóvel não está ligado a uma rede desse tipo, descartes indevidos aumentam significativamente, comprometendo a saúde e o meio ambiente.

A preocupação com o destino adequado do esgoto produzido por uma casa deve começar no momento em que ela é projetada. Para além da escolha de chuveiros, vasos sanitários e pias, quem constrói também precisa pensar em outros aspectos hidrosanitários, como a rede de tubulação interna e de saída. Por fim, é fundamental que a residência seja legalmente conectada à rede de esgoto.

De acordo com a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), SES “é o conjunto de condutos, instalações e equipamentos destinados a coletar, transportar, condicionar e encaminhar somente o esgoto sanitário a uma disposição final conveniente, de modo contínuo e higienicamente seguro”. Quando um imóvel não está ligado a uma rede desse tipo, descartes indevidos aumentam significativamente, comprometendo a saúde e o meio ambiente.

A preocupação com o destino adequado do esgoto produzido por uma casa deve começar no momento em que ela é projetada. Para além da escolha de chuveiros, vasos sanitários e pias, quem constrói também precisa pensar em outros aspectos hidrosanitários, como a rede de tubulação interna e de saída. Por fim, é fundamental que a residência seja legalmente conectada à rede de esgoto.

User badge image

Silvana Broleze

Há mais de um mês

Um sistema de tratamento de esgoto convencional consistem no tratamento prelimiar, primário e secundário do esgoto, com tratamento de lodo.

Tratamento preliminar: remoção dos sólidos grosseiros e óleos e graxas - Gradeamento, caixas de areia e caixas de gordura

Tratamento primário: remoção dos sólidos sedimentáveis, redução da carga orgânica CO) - decantadores primários, equalizadores, tratamento físico-químicos, flotadores - nesta etapa prepara o efluente para o tratamento secundário (melhor qualidade, menor CO e constante, pH constante, temperatura, balanço de nutrientes, etc)

Tratamento secundário: remoção da CO através de sistemas "biológicos" - lodo ativado, filtro biológico, lagoas de estabilização, reatores anaeróbios (UASB), lagoas de aeração - seguidos de decantação secundária.

Desinfeção - desinfecção com UV, cloro ou ozônio, de modo a não interferir na qualidade da água do manancial onde o efluente tratado será lançado, portanto o residual deve ser zero, e a quantidade de coliformes totais e fecais muito reduzidas (os efluentes sanitários são ricos em coliformes, virus, helmintos e protozoários, de modo a ser necessário sua desinfecção antes do descarte final)

Tratamento do lodo proveniente das várias etapas do sistema de tratamento: centrífuga, filtros prensa, geomembranas, leitos de secagem, etc.

Essa pergunta já foi respondida!