A maior rede de estudos do Brasil

LOgistica

"Existem vários tipos de gráficos, cada um deles aplicável a um tipo de informação ou dado estatístico. Conhecê-los é fundamental para realizar a sua correta leitura. Os gráficos são recursos utilizados para representar um fenômeno que possa ser mensurado, quantificado ou ilustrado de forma mais ou menos lógica. Assim como os mapas indicam uma representação espacial de um determinado acontecimento ou lugar, os gráficos apontam uma dimensão estatística sobre um determinado fato". Fonte: Disponível em:http://mundoeducacao.bol.uol.com.br/geografia/tipos-graficos.htm. Acesso em 30 de janeiro de 2018. O gráfico de barras que ordena as frequências das ocorrências, da maior para a menor, possibilitando a ordenação e priorização dos problemas e / ou oportunidade de melhoria, denomina-se: Alternativas: Fluxograma. Ishikawa. 5W2H. 5 Porquês. Pareto

Logística

UNOPAR


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para resolver este problema, devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre gráficos.

O fluxograma consiste na representação de um processo que utiliza símbolos gráficos para descrever passo a passo a natureza e o fluxo deste processo. O objetivo é mostrar de forma descomplicada o fluxo das informações e elementos evidenciando a sequência operacional que caracteriza o trabalho que está sendo executado.

Por sua vez, o Diagrama de Ishikawa, conhecido como Espinha de Peixe, Diagrama 6M ou Diagrama de Causa e Efeito tem o objetivo de indicar a relação entre o efeito e as causas que contribuem para a sua ocorrência.

A 5W2H é uma ferramenta de gestão empregada no planejamento estratégico de empresas. Ela parte de uma meta para organizar as ações e determinar o que será feito para alcançá-la, por qual razão, por quem, como, quando e onde será feito, além de estimar quanto isso custará.

A metodologia 5 porquês, também conhecida como 5-Why, é uma ferramenta muito ligada à gestão da qualidade total e à melhoria contínua nas empresas. Ela foi desenvolvida e aprimorada pela Toyota, tendo surgido como elemento importante para auxiliar na resolução de problemas internos.

Por fim, o Diagrama de Pareto é um gráfico de barras que ordena as frequências das ocorrências, da maior para a menor, permitindo a priorização dos problemas. Mostra ainda a curva de porcentagens acumuladas. Sua maior utilidade é a de permitir uma fácil visualização e identificação das causas ou problemas mais importantes, possibilitando a concentração de esforços sobre os mesmos.

Portanto, o gráfico de barras que ordena as frequências das ocorrências, da maior para a menor, possibilitando a ordenação e priorização dos problemas e / ou oportunidade de melhoria, denomina-se Diagrama de Pareto.

Fontes:

  • https://www.citisystems.com.br/fluxograma/. Acesso em 17 de junho de 2018.
  • http://gestao-de-qualidade.info/ferramentas-da-qualidade/diagrama-de-ishikawa.html. Acesso em 17 de junho de 2018.
  • https://klickpages.com.br/blog/5w2h-o-que-significa/. Acesso em 17 de junho de 2018.
  • https://www.siteware.com.br/metodologias/metodologia-5-porques/. Acesso em 17 de junho de 2018.
  • http://www.portalaction.com.br/estatistica-basica/15-diagrama-de-pareto. Acesso em 17 de junho de 2018.

 

 

Para resolver este problema, devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre gráficos.

O fluxograma consiste na representação de um processo que utiliza símbolos gráficos para descrever passo a passo a natureza e o fluxo deste processo. O objetivo é mostrar de forma descomplicada o fluxo das informações e elementos evidenciando a sequência operacional que caracteriza o trabalho que está sendo executado.

Por sua vez, o Diagrama de Ishikawa, conhecido como Espinha de Peixe, Diagrama 6M ou Diagrama de Causa e Efeito tem o objetivo de indicar a relação entre o efeito e as causas que contribuem para a sua ocorrência.

A 5W2H é uma ferramenta de gestão empregada no planejamento estratégico de empresas. Ela parte de uma meta para organizar as ações e determinar o que será feito para alcançá-la, por qual razão, por quem, como, quando e onde será feito, além de estimar quanto isso custará.

A metodologia 5 porquês, também conhecida como 5-Why, é uma ferramenta muito ligada à gestão da qualidade total e à melhoria contínua nas empresas. Ela foi desenvolvida e aprimorada pela Toyota, tendo surgido como elemento importante para auxiliar na resolução de problemas internos.

Por fim, o Diagrama de Pareto é um gráfico de barras que ordena as frequências das ocorrências, da maior para a menor, permitindo a priorização dos problemas. Mostra ainda a curva de porcentagens acumuladas. Sua maior utilidade é a de permitir uma fácil visualização e identificação das causas ou problemas mais importantes, possibilitando a concentração de esforços sobre os mesmos.

Portanto, o gráfico de barras que ordena as frequências das ocorrências, da maior para a menor, possibilitando a ordenação e priorização dos problemas e / ou oportunidade de melhoria, denomina-se Diagrama de Pareto.

Fontes:

  • https://www.citisystems.com.br/fluxograma/. Acesso em 17 de junho de 2018.
  • http://gestao-de-qualidade.info/ferramentas-da-qualidade/diagrama-de-ishikawa.html. Acesso em 17 de junho de 2018.
  • https://klickpages.com.br/blog/5w2h-o-que-significa/. Acesso em 17 de junho de 2018.
  • https://www.siteware.com.br/metodologias/metodologia-5-porques/. Acesso em 17 de junho de 2018.
  • http://www.portalaction.com.br/estatistica-basica/15-diagrama-de-pareto. Acesso em 17 de junho de 2018.

 

 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas