A maior rede de estudos do Brasil

DIREITO PENAL MILITAR

“A Justiça Militar não somente julga os crimes de militares, mas crimes militares praticados contra as Forças Armadas e instituições militares”

Fonte: http://justificando.cartacapital.com.br/2014/11/05/justica-militar-quando-podem-julgar-voce/

 

Com base no conteúdo estudado e na legislação pátria, socialize o que você entende por crime militar, vislumbrando e exemplificando a diferença entre o crime militar próprio e impróprio.


5 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para compreender sobre como se dá o entendimento sobre crimes militares vamos utilizar nossos conhecimentos sobre Direito Penal Militar e Direito Processual Penal Militar. Os crimes militares, por meio da nova lei estabelecem caracterizações e eventuais exageros que podem ser cometidos pelos militares – assim como irregularidades de conduta, como é o caso da ordem de prisão sem ser em flagrante delito.

O crime próprio militar é entendido como o crime que pode ser apenas cometido por militares – como é o caso de abandono de posto. E crime impróprio militar é aquele que é um crime militar cometido por um civil, como é o caso do uso de farda de militar sem ser militar.

Para compreender sobre como se dá o entendimento sobre crimes militares vamos utilizar nossos conhecimentos sobre Direito Penal Militar e Direito Processual Penal Militar. Os crimes militares, por meio da nova lei estabelecem caracterizações e eventuais exageros que podem ser cometidos pelos militares – assim como irregularidades de conduta, como é o caso da ordem de prisão sem ser em flagrante delito.

O crime próprio militar é entendido como o crime que pode ser apenas cometido por militares – como é o caso de abandono de posto. E crime impróprio militar é aquele que é um crime militar cometido por um civil, como é o caso do uso de farda de militar sem ser militar.

User badge image

Thairine Sousa

Há mais de um mês

Boa noite, prezado colega!

A definição de crime militar ainda é, por assim dizer, meio aberta. Apesar de ser um dos ramos mais antigos do Direito, o nosso ordenamento jurídico (CPPM e o CPM) não traz a definição clara, bem como no tocante à distinção entre crime militar e crime comum, ficando por vezes a dúvida. Bem por isso, disse o mestre Mirabete: "árdua por vezes é a tarefa de distinguir se o crime se o fato é crime comum ou militar, principalmente nos casos de ilícitos praticados por policiais militares". 

Assim, resta pontuar a classificação existente em tais crimes, o quais desmembram-se em crimes militares próprios ou propriamente militares, ou seja, aqueles que somente o militar pode cometer: deserção, por exemplo; bem como outros tipos penais, como os crimes previstos no art. 163 do Código Penal Militar – CPM (Recusa de Obediência) já que ao civil não caberia tal enquadramento, o tipo previsto no art. 175 do CPM (Praticar violência contra inferior), ou o crime do art. 195 (abandono de posto), pois o civil não teria como praticar tais delitos, mas somente o militar da ativa. E, crimes militares impróprios ou impropriamente militares, aqueles que o civil também pode cometer, quando tal conduta é prevista no ordenamento militar castrense (CPM), e decorrente da aplicabilidade do art. 9º do CPM (onde neste  artigo que se encontra toda a descrição de quando um crime é militar ou comum), podendo inclusive um crime militar ser praticado por civil, a exemplo podemos citar  a invasão de uma instalação militar por um civil, onde o mesmo venha a cometer um delito de furto ou roubo de um armamento. Nesse caso, o civil ficará sujeito ao processo penal na Justiça Militar Castrense (desde que o crime seja contra as Forças Armadas), e lá será processado e julgado.

Fonte: https://jus.com.br/artigos/8063/voce-sabe-o-que-e-um-crime-militar

Espero ter sido proveitosa a contribuição! Forte abraço!

 

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

Para compreender sobre como se dá o entendimento sobre crimes militares vamos utilizar nossos conhecimentos sobre Direito Penal Militar e Direito Processual Penal Militar. Os crimes militares, por meio da nova lei estabelecem caracterizações e eventuais exageros que podem ser cometidos pelos militares – assim como irregularidades de conduta, como é o caso da ordem de prisão sem ser em flagrante delito.

O crime próprio militar é entendido como o crime que pode ser apenas cometido por militares – como é o caso de abandono de posto. E crime impróprio militar é aquele que é um crime militar cometido por um civil, como é o caso do uso de farda de militar sem ser militar.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

Para compreender sobre como se dá o entendimento sobre crimes militares vamos utilizar nossos conhecimentos sobre Direito Penal Militar e Direito Processual Penal Militar. Os crimes militares, por meio da nova lei estabelecem caracterizações e eventuais exageros que podem ser cometidos pelos militares – assim como irregularidades de conduta, como é o caso da ordem de prisão sem ser em flagrante delito.

O crime próprio militar é entendido como o crime que pode ser apenas cometido por militares – como é o caso de abandono de posto. E crime impróprio militar é aquele que é um crime militar cometido por um civil, como é o caso do uso de farda de militar sem ser militar.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas