A maior rede de estudos do Brasil

- DIREITO CONSTITUCIONAL

ESAF/PFN/Procurador/2012) Sobre os direitos políticos previstos na Constituição, é correto afirmar:


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

DLRV Advogados Verified user icon

Há mais de um mês

A questão trazia as seguintes alternativas:

 a) que a soberania popular será exercida, independentemente de qualquer disposição legislativa infraconstitucional, mediante plebiscito ou referendo.

INCORRETA. "Art. 14. A soberania popular será exercida pelo sufrágio universal e pelo voto direto e secreto, com valor igual para todos, e, nos termos da lei, mediante: I – plebiscito; II – referendo; III – iniciativa popular"

 b) que o alistamento eleitoral e o voto são facultativos para os analfabetos funcionais.

INCORRETA. A Constituição não distingue os funcionais. "Art. 14, parágrafo 1º  II -  facultativos para: a)  os analfabetos;"

 c) que, nos termos da lei, é condição de elegibilidade, dentre outras, a nacionalidade brasileira nata.

INCORRETO. O artigo 14 exige a nacionalidade brasileira, não importanto, na regra geral, se ela é nata. "Art. 14, § 3º. São condições de elegibilidade, na forma da lei: I -  a nacionalidade brasileira;"

 d) que o militar alistável é elegível, atendida, dentre outras, a condição de que, se contar com menos de dez anos de serviço, deverá afastar-se da atividade.

CORRETO. "Art. 14. § 8º O militar alistável é elegível, atendidas as seguintes condições: I -  se contar menos de dez anos de serviço, deverá afastar-se da atividade".

 e) é vedada a cassação de direitos políticos, cuja perda ou suspensão só se dará havendo condenação criminal transitada em julgado, enquanto durarem os seus efeitos.

INCORRETO. 

"Art. 15. É vedada a cassação de direitos políticos, cuja perda ou suspensão só se dará nos casos de:

I - cancelamento da naturalização por sentença transitada em julgado;

II - incapacidade civil absoluta;

III - condenação criminal transitada em julgado, enquanto durarem seus efeitos;

IV - recusa de cumprir obrigação a todos imposta ou prestação alternativa, nos termos do art. 5º, VIII;

V - improbidade administrativa, nos termos do art. 37, § 4º."

A questão trazia as seguintes alternativas:

 a) que a soberania popular será exercida, independentemente de qualquer disposição legislativa infraconstitucional, mediante plebiscito ou referendo.

INCORRETA. "Art. 14. A soberania popular será exercida pelo sufrágio universal e pelo voto direto e secreto, com valor igual para todos, e, nos termos da lei, mediante: I – plebiscito; II – referendo; III – iniciativa popular"

 b) que o alistamento eleitoral e o voto são facultativos para os analfabetos funcionais.

INCORRETA. A Constituição não distingue os funcionais. "Art. 14, parágrafo 1º  II -  facultativos para: a)  os analfabetos;"

 c) que, nos termos da lei, é condição de elegibilidade, dentre outras, a nacionalidade brasileira nata.

INCORRETO. O artigo 14 exige a nacionalidade brasileira, não importanto, na regra geral, se ela é nata. "Art. 14, § 3º. São condições de elegibilidade, na forma da lei: I -  a nacionalidade brasileira;"

 d) que o militar alistável é elegível, atendida, dentre outras, a condição de que, se contar com menos de dez anos de serviço, deverá afastar-se da atividade.

CORRETO. "Art. 14. § 8º O militar alistável é elegível, atendidas as seguintes condições: I -  se contar menos de dez anos de serviço, deverá afastar-se da atividade".

 e) é vedada a cassação de direitos políticos, cuja perda ou suspensão só se dará havendo condenação criminal transitada em julgado, enquanto durarem os seus efeitos.

INCORRETO. 

"Art. 15. É vedada a cassação de direitos políticos, cuja perda ou suspensão só se dará nos casos de:

I - cancelamento da naturalização por sentença transitada em julgado;

II - incapacidade civil absoluta;

III - condenação criminal transitada em julgado, enquanto durarem seus efeitos;

IV - recusa de cumprir obrigação a todos imposta ou prestação alternativa, nos termos do art. 5º, VIII;

V - improbidade administrativa, nos termos do art. 37, § 4º."

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas