A maior rede de estudos do Brasil

calcular o fator de segurança do parafusso abertura da tampa e torque aplicado

Descrição

 um conjunto composto por oito molas de compressao e montado em um cilindro de ferro fundido, e este cilindro, por sua vez, possui uma tampa de aço parafusada que comprime as molas.a tampa depois de parafusada no corpo do cilindre.

O curso de compressao das molas e de 55mm e possuem dfio=15mm,Dexterno=120mm e 13 espiras ativas. por sua vez, a tampa de aco e fixada com 3 parafusos M10x1,5, class 5.8, com pre-carga de aperto de 90% da resistencia de prova. Pede-se;

a) o fator de seguranca aplicado aos parafusso, o fator de seguranca contra a abertura da tampa e o torque de aperto a ser aplicado;

b) a tensao desenvolvida no fio da mola quando a tampa for fechada, e o fator de seguranca contra o escoamento, considerando que foi usado fio musical para fabricar as molas, com Sus=650MPa.


2 resposta(s)

User badge image

Especialistas PD

Há mais de um mês

A partir da tabela de classes de parafusos podemos obter as seguintes informações:

a) Para a classe 5.8, teremos:

Para parafusos M10, o torque aplicado deve ser:

Para cargas estáticas, o fator de segurança deve ser: 1,6.

 

b) 

 

A partir da tabela de classes de parafusos podemos obter as seguintes informações:

a) Para a classe 5.8, teremos:

Para parafusos M10, o torque aplicado deve ser:

Para cargas estáticas, o fator de segurança deve ser: 1,6.

 

b) 

 

User badge image

francisco

Há mais de um mês

No projeto de um componente de m´aquina ou de uma estrutura, existe a necessidade de determinarmos as dimens˜oes necess´arias, para que o componente possa suportar as solicita¸c˜oes. • Tens˜ao de trabalho - ´e a tens˜ao produzida pela carga aplicada nas condi¸c˜oes normais de trabalho (Kt). • Tens˜ao admiss´ıvel - ´e a m´axima tens˜ao de trabalho permitida para um determinado material. A tens˜ao admiss´ıvel depende do tipo de material, do tipo de carregamento, da possibilidade de sobrecargas e outros fatores.

O limite de resistˆencia `a fadiga ´e determinado colocando-se um corpo de prova em uma m´aquina que aplica uma solicita¸c˜ao de flex˜ao enquanto ele gira. A conseq¨uˆencia disto ´e que as fibras do corpo de prova sofrem uma solicita¸c˜ao vari´avel ao longo de uma volta completa. Uma fibra do material come¸ca, por exemplo, com solicita¸c˜ao de tra¸c˜ao e, ao girar 90, a solicita¸c˜ao zera. Girando mais 90, a solicita¸c˜ao inverte seu sentido e passa `a solicita¸c˜ao de compress˜ao mais 90 e zera novamente e, por fim mais 90 volta `a solicita¸c˜ao de tra¸c˜ao. Assim temos um carregamento do tipo III, no caso flex˜ao alternada.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes