A maior rede de estudos do Brasil

Calcular a energia reticular de cloreto de cálcio usando o ciclo de Born - Harber

Química

UNIVASF


1 resposta(s)

User badge image

Passei Direto Verified user icon

Há mais de um mês

Para calcularmos a energia de rede do CaCl2 usando o Ciclo de Born-Haber, vamos avaliar as etapas desse ciclo. Todos os valores são tabelados, exceto o da energia reticular (U).

Esse cálculo é uma aplicação da Lei de Hess! As energias envolvidas em um caminho dos reagentes aos produtos correspondem à soma de todas energias envolvidas no processo.

Então o ΔH de formação será igual ao ΔH de sublimação (levar o Ca de sólido para gás), mais o ΔH de dissociação (dissociar a molécula de Cl2), mais a 1ª e a 2ª energia de ionização (Ca para íon Ca+ e íon Ca+ para íon Ca2+), mais duas vezes a afinidade eletrônica (energia para que o átomo de cloro, na fase gasosa, ganhe 1 elétron), mais a energia de rede. Realizando os cálculos, temos U = -2256 kJ.

Para calcularmos a energia de rede do CaCl2 usando o Ciclo de Born-Haber, vamos avaliar as etapas desse ciclo. Todos os valores são tabelados, exceto o da energia reticular (U).

Esse cálculo é uma aplicação da Lei de Hess! As energias envolvidas em um caminho dos reagentes aos produtos correspondem à soma de todas energias envolvidas no processo.

Então o ΔH de formação será igual ao ΔH de sublimação (levar o Ca de sólido para gás), mais o ΔH de dissociação (dissociar a molécula de Cl2), mais a 1ª e a 2ª energia de ionização (Ca para íon Ca+ e íon Ca+ para íon Ca2+), mais duas vezes a afinidade eletrônica (energia para que o átomo de cloro, na fase gasosa, ganhe 1 elétron), mais a energia de rede. Realizando os cálculos, temos U = -2256 kJ.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes