A maior rede de estudos do Brasil

Dentre as teorias que influenciaram a Teoria Descritiva está a Teoria de Agência.

Dentre as teorias que influenciaram a Teoria Descritiva está a Teoria de Agência. Essa teoria trata dos conflitos de interesse existentes nas organizações. Assinale a alternativa correta em relação a esse teoria: 
A) Essa teoria trata exclusivamente dos conflitos existentes entre as hierarquias de alto escalão. 
B) O agente principal é considerado o proprietário da organização, que ao contratar colaboradores, delega responsabilidades, passando a haver um novo agente que podemos chamar de gestor. 
C) Os conflitos de interesse tratados por essa teoria envolvem exclusivamente a relação entre os agentes principais. 
D) Os problemas de agência decorrem do fato de não haver separação entre propriedade e gestão das organizações. 
E) Os problemas de agência surgem porque não há cooperação entre os agentes.

2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Na TA, a sociedade é concebida como uma rede de contratos, explícitos e implícitos, os quais estabelecem as funções e definem os direitos e deveres de todos os stakeholders (participantes). Dessa relação, surgem as figuras do principal e do agente, sendo que o primeiro se situa no centro das relações de todos os interessados na empresa. Já o segundo, como o próprio nome sugere, é um agente contratado, podendo ser empregados, fornecedores, clientes, concorrentes, acionistas, credores, reguladores e governos.


Dentro dessa relação, entre principal e agente, ocorre uma assimetria de informações, pois o agente tem acesso a dados que o principal não tem e vice-versa. Assim, a hipótese fundamental dessa teoria é que as pessoas têm interesses diferentes e cada uma busca maximizar seus próprios objetivos.

Ao abordar relações econômicas bilaterais entre essas figuras, a Teoria da Agência apresenta três condições:

  • O agente dispõe de vários comportamentos possíveis de adoção;
  • A ação dos agentes afeta não apenas seu próprio bem-estar, mas também o do principal;
  • As ações do agente dificilmente são observáveis pelo principal, por haver assimetria informacional entre as partes.

Os conflitos de interesse geram custos, pois são necessárias medidas para monitorar os administradores, as quais incluem: contratação de auditoria independente; implementação de medidas de controle; gastos com seguros contra danos provocados por atos desonestos de administradores; estabelecimento da remuneração dos agentes vinculada ao aumento da riqueza dos acionistas, como a concessão de ações ou opções de ações aos administradores e outros incentivos ao alinhamento dos interesses entre estes e a administração. Os custos de minimização do conflito de agência são denominados custos de agência.


Portanto, vemos que a alternativa mais plausível é a Alternativa D.

 

Fonte:https://www.blbbrasil.com.br/blog/teoria-da-agencia/

Na TA, a sociedade é concebida como uma rede de contratos, explícitos e implícitos, os quais estabelecem as funções e definem os direitos e deveres de todos os stakeholders (participantes). Dessa relação, surgem as figuras do principal e do agente, sendo que o primeiro se situa no centro das relações de todos os interessados na empresa. Já o segundo, como o próprio nome sugere, é um agente contratado, podendo ser empregados, fornecedores, clientes, concorrentes, acionistas, credores, reguladores e governos.


Dentro dessa relação, entre principal e agente, ocorre uma assimetria de informações, pois o agente tem acesso a dados que o principal não tem e vice-versa. Assim, a hipótese fundamental dessa teoria é que as pessoas têm interesses diferentes e cada uma busca maximizar seus próprios objetivos.

Ao abordar relações econômicas bilaterais entre essas figuras, a Teoria da Agência apresenta três condições:

  • O agente dispõe de vários comportamentos possíveis de adoção;
  • A ação dos agentes afeta não apenas seu próprio bem-estar, mas também o do principal;
  • As ações do agente dificilmente são observáveis pelo principal, por haver assimetria informacional entre as partes.

Os conflitos de interesse geram custos, pois são necessárias medidas para monitorar os administradores, as quais incluem: contratação de auditoria independente; implementação de medidas de controle; gastos com seguros contra danos provocados por atos desonestos de administradores; estabelecimento da remuneração dos agentes vinculada ao aumento da riqueza dos acionistas, como a concessão de ações ou opções de ações aos administradores e outros incentivos ao alinhamento dos interesses entre estes e a administração. Os custos de minimização do conflito de agência são denominados custos de agência.


Portanto, vemos que a alternativa mais plausível é a Alternativa D.

 

Fonte:https://www.blbbrasil.com.br/blog/teoria-da-agencia/

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas