A maior rede de estudos do Brasil

simulacro enquadra na causa de aumento de pena no crime de roubo?

Direito Penal IUNICERP

3 resposta(s)

User badge image

Estudante

Há mais de um mês

Primeiro deve ser lido o parágrafo 2-A do artigo 157 do Código Penal que dispõe

 § 2º-A  A pena aumenta-se de 2/3 (dois terços):            

        I – se a violência ou ameaça é exercida com emprego de arma de fogo;  

Dessa maneira, se o agente criminoso estiver usando um simulacro sua pena não será aumentada, pois a lei requer arma de fogo e leis penais incriminadores devem ser interpretadas de forma restritiva. 

Primeiro deve ser lido o parágrafo 2-A do artigo 157 do Código Penal que dispõe

 § 2º-A  A pena aumenta-se de 2/3 (dois terços):            

        I – se a violência ou ameaça é exercida com emprego de arma de fogo;  

Dessa maneira, se o agente criminoso estiver usando um simulacro sua pena não será aumentada, pois a lei requer arma de fogo e leis penais incriminadores devem ser interpretadas de forma restritiva. 

User badge image

Thays

Há mais de um mês

   Imperioso consignar que o Superior Tribunal de Justiça já definiu que "a atemorização da vítima pelo emprego de simulacro de arma de fogo não constitui motivo apto à configuração da majorante prevista no inciso I do § 2º do art. 157 do CP, por ausência de incremento no risco ao bem jurídico tutelado. Tal circunstância presta-se apenas para caracterizar a grave ameaça, elementar do delito de roubo" (HC 381395/SP, rel. Min. Felix Fischer, Quinta Turma, j. em 4/4/2017).

User badge image

Marcelo

Há mais de um mês

Simulacro de arma de fogo não serve para caracterizar a causa de aumento de pena. Serve apenas para configurar a elementar típica da "grave ameaça", enquadrando, tal situação, em roubo simples, caso não estejam presentes outras circunstâncias. 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes