A maior rede de estudos do Brasil

Quais os efeitos do álcool no organismo em nível celular?


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Neste exercício, serão aplicados os conhecimentos sobre biologia para explicar os efeitos do álcool nas células.


O álcool pode afetar as células do cérebro, fígado, esôfago, pâncreas, intestino, entre outros órgãos de uma pessoa. A seguir, tem-se o efeito do álcool em cada órgão citado.


Cérebro: causa a destruição de neurônios e impede a realização de sinapses, fundamentais a processos como o de aprendizagem. Também causa alteração da memória e perda de reflexos.

Fígado: causa inflamação das células, podendo causar hepatite, por exemplo.

Esôfago: danifica as células do esôfago, causando uma inflamação chamada esofagite, e pode causar sensação de queimação e dores quando um alimento for engolido.

Pâncreas: provoca a inflamação desse órgão, que pode resultar na destruição das células que produzem insulina e das que produzem as enzimas, provocando dor abdominal e vômitos.

Intestino: pode causar o desenvolvimento de uma úlcera, por conta da inflamação das células, ou ainda um câncer, além da síndrome da má absorção.


Fonte: http://deolhonacienciaetep.blogspot.com/2009/05/alcool-e-as-celulas.html


Resumindo, os efeitos do álcool são negativos, pois podem causar desde a danificação até a destruição de células do corpo humano.

Neste exercício, serão aplicados os conhecimentos sobre biologia para explicar os efeitos do álcool nas células.


O álcool pode afetar as células do cérebro, fígado, esôfago, pâncreas, intestino, entre outros órgãos de uma pessoa. A seguir, tem-se o efeito do álcool em cada órgão citado.


Cérebro: causa a destruição de neurônios e impede a realização de sinapses, fundamentais a processos como o de aprendizagem. Também causa alteração da memória e perda de reflexos.

Fígado: causa inflamação das células, podendo causar hepatite, por exemplo.

Esôfago: danifica as células do esôfago, causando uma inflamação chamada esofagite, e pode causar sensação de queimação e dores quando um alimento for engolido.

Pâncreas: provoca a inflamação desse órgão, que pode resultar na destruição das células que produzem insulina e das que produzem as enzimas, provocando dor abdominal e vômitos.

Intestino: pode causar o desenvolvimento de uma úlcera, por conta da inflamação das células, ou ainda um câncer, além da síndrome da má absorção.


Fonte: http://deolhonacienciaetep.blogspot.com/2009/05/alcool-e-as-celulas.html


Resumindo, os efeitos do álcool são negativos, pois podem causar desde a danificação até a destruição de células do corpo humano.

User badge image

Vitoria Gaspar

Há mais de um mês

O alto consumo de alcool em um indivíduo causa em suas células o aumento do número de peroxissomos e o maior desenvolvimento do retículo endoplasmático liso nas células hepáticas, organelas estas que participam da desintoxicação da célula, além de causar a perda de ribossomos no retículo endoplasmatico rugoso, dessa forma não será possivel produzir protéinas fundamentais para outras organelas, asssim o funcionamento da célula como um todo acaba sendo prejudicado. O peroxissomos ultilixa o H2O2 para oxidar e neutralizar substâncias tóxicas a célula como o etanol, sendo auxiliado pelo retículo endoplasmático liso que contem citocromos e redutases que aumentam a solubilidades dos compostos tóxicos em água facilitando assim sua eliminação. fonte: fundamentos da biologia celular, Alberts; Biologia celular e molecular, Junqueira e Carneiro; Bases da biologia celular e molecular, De Robertis.

 

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

Neste exercício, serão aplicados os conhecimentos sobre biologia para explicar os efeitos do álcool nas células.


O álcool pode afetar as células do cérebro, fígado, esôfago, pâncreas, intestino, entre outros órgãos de uma pessoa. A seguir, tem-se o efeito do álcool em cada órgão citado.


Cérebro: causa a destruição de neurônios e impede a realização de sinapses, fundamentais a processos como o de aprendizagem. Também causa alteração da memória e perda de reflexos.

Fígado: causa inflamação das células, podendo causar hepatite, por exemplo.

Esôfago: danifica as células do esôfago, causando uma inflamação chamada esofagite, e pode causar sensação de queimação e dores quando um alimento for engolido.

Pâncreas: provoca a inflamação desse órgão, que pode resultar na destruição das células que produzem insulina e das que produzem as enzimas, provocando dor abdominal e vômitos.

Intestino: pode causar o desenvolvimento de uma úlcera, por conta da inflamação das células, ou ainda um câncer, além da síndrome da má absorção.


Fonte: http://deolhonacienciaetep.blogspot.com/2009/05/alcool-e-as-celulas.html


Resumindo, os efeitos do álcool são negativos, pois podem causar desde a danificação até a destruição de células do corpo humano.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

Neste exercício, serão aplicados os conhecimentos sobre biologia para explicar os efeitos do álcool nas células.


O álcool pode afetar as células do cérebro, fígado, esôfago, pâncreas, intestino, entre outros órgãos de uma pessoa. A seguir, tem-se o efeito do álcool em cada órgão citado.


Cérebro: causa a destruição de neurônios e impede a realização de sinapses, fundamentais a processos como o de aprendizagem. Também causa alteração da memória e perda de reflexos.

Fígado: causa inflamação das células, podendo causar hepatite, por exemplo.

Esôfago: danifica as células do esôfago, causando uma inflamação chamada esofagite, e pode causar sensação de queimação e dores quando um alimento for engolido.

Pâncreas: provoca a inflamação desse órgão, que pode resultar na destruição das células que produzem insulina e das que produzem as enzimas, provocando dor abdominal e vômitos.

Intestino: pode causar o desenvolvimento de uma úlcera, por conta da inflamação das células, ou ainda um câncer, além da síndrome da má absorção.


Fonte: http://deolhonacienciaetep.blogspot.com/2009/05/alcool-e-as-celulas.html


Resumindo, os efeitos do álcool são negativos, pois podem causar desde a danificação até a destruição de células do corpo humano.

Essa pergunta já foi respondida!