Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO II

ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO II

O dimensionamento de peças de concreto armado submetidas a flexão partem da equação fundamental que correlaciona as tensões de compressão, na seção comprimida de concreto, e a tração descarregada na área de aço.

Para simplificar estes cálculos, dispomos de várias tabelas que correlacionam as variáveis em função de coeficientes: KC e KS.

Para a altura de linha neutra igual 0,52 d, demonstre a partir das equações de flexão simples na ruína, através de cálculos, que KC = 2,0 cm²/KN e KS = 0,029 cm²/KN (da tabela da apostila do Prof. Libânio Pinheiro), para o concreto C-25 e aço CA-50.

Obs: Você deverá demonstrar desde o princípio a modificação do diagrama parábola retângulo para retangular, o equilíbrio entre o binário de forças geradas pelo momento fletor, até a resolução das equações de equilíbrio.

NÃO SE ESQUEÇA DE DEMONSTRAR AS UNIDADES.


7 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para resolver este problema, devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre Engenharia Civil, mais especificamente sobre Estruturas.


Tratando-se de estruturas de concreto armado submetidas a flexão, o que há de principal regulamentação é a ABNT NBR 6118/2014 intitulada “Estruturas de Concreto Armado – Procedimento”. Nesse contexto, a obtenção dos parâmetros KC e KS do Prof. Libânio Pinheiro advém de diversas hipóteses empregadas pela norma e posterior equilíbrio de forças.


Portanto, para a demonstração em questão, recomenda-se a compreensão de tais hipóteses e o emprego do disposto na ABNT NBR 6118/2014 intitulada “Estruturas de Concreto Armado – Procedimento”.

Para resolver este problema, devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre Engenharia Civil, mais especificamente sobre Estruturas.


Tratando-se de estruturas de concreto armado submetidas a flexão, o que há de principal regulamentação é a ABNT NBR 6118/2014 intitulada “Estruturas de Concreto Armado – Procedimento”. Nesse contexto, a obtenção dos parâmetros KC e KS do Prof. Libânio Pinheiro advém de diversas hipóteses empregadas pela norma e posterior equilíbrio de forças.


Portanto, para a demonstração em questão, recomenda-se a compreensão de tais hipóteses e o emprego do disposto na ABNT NBR 6118/2014 intitulada “Estruturas de Concreto Armado – Procedimento”.

User badge image

Didi Mt

Há mais de um mês

possa enviar um exemplo, me adiciona
User badge image

Didi Mt

Há mais de um mês

Bom dia, Débora. postei uma resolução, da uma olhadinha, lá conseguirá identificar o passo a passo. abraços e bons estudos
User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO II

ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO II

O dimensionamento de peças de concreto armado submetidas a flexão partem da equação fundamental que correlaciona as tensões de compressão, na seção comprimida de concreto, e a tração descarregada na área de aço.

Para simplificar estes cálculos, dispomos de várias tabelas que correlacionam as variáveis em função de coeficientes: KC e KS.

Para a altura de linha neutra igual 0,52 d, demonstre a partir das equações de flexão simples na ruína, através de cálculos, que KC = 2,0 cm²/KN e KS = 0,029 cm²/KN (da tabela da apostila do Prof. Libânio Pinheiro), para o concreto C-25 e aço CA-50.

Obs: Você deverá demonstrar desde o princípio a modificação do diagrama parábola retângulo para retangular, o equilíbrio entre o binário de forças geradas pelo momento fletor, até a resolução das equações de equilíbrio.

NÃO SE ESQUEÇA DE DEMONSTRAR AS UNIDADES.


Para resolver este problema, devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre Engenharia Civil, mais especificamente sobre Estruturas.


Tratando-se de estruturas de concreto armado submetidas a flexão, o que há de principal regulamentação é a ABNT NBR 6118/2014 intitulada “Estruturas de Concreto Armado – Procedimento”. Nesse contexto, a obtenção dos parâmetros KC e KS do Prof. Libânio Pinheiro advém de diversas hipóteses empregadas pela norma e posterior equilíbrio de forças.


Portanto, para a demonstração em questão, recomenda-se a compreensão de tais hipóteses e o emprego do disposto na ABNT NBR 6118/2014 intitulada “Estruturas de Concreto Armado – Procedimento”.

Essa pergunta já foi respondida!