Ciências Morfofuncionais dos Sistemas Digestório, Endócrino e Renal

Paulo teve câncer de próstata e precisou retirar sua glândula prostática e a vascularização dos linfonodos próxima à pelve. Com isso, uma inervação da bexiga foi atingida. Sabe-se que o funcionamento da bexiga é coordenado pelo sistema nervoso central (SNC) com ramificações neurológicas excitatórias e inibitórias que, por sua vez, se dirigem aos órgãos do trato urinário inferior (TUI). O TUI é inervado por fibras parassimpáticas, simpáticas e somáticas. Com base nisso, analise cada uma das proposições seguintes:

I- A inervação parassimpática origina-se de neurônios localizados na região sacral da coluna vertebral (segmentos S2 a S4 da medula), sendo conduzida até os gânglios no plexo pélvico e este até a bexiga.

II- A inervação simpática origina-se na região toracolombar da medula (T10 a L2) e direciona-se para a bexiga e a uretra;

III- O sistema nervoso parassimpático, através da liberação de adrenalina, estimula os receptores muscarínicos da parede vesical (bexiga), promovendo sua contração durante a micção;

IV- Durante a fase de enchimento, a estimulação parassimpática permanece inibida.

V- O sistema nervoso simpático libera acetilcolina, estimulando o trato urinário, a próstata e a uretra. Na bexiga, a adrenalina é inibitória, facilitando o relaxamento durante seu enchimento.

É correto o que se afirma apenas em:

Escolha uma:
 
Disciplina:Ciencias Morfofuncionais Renal Digestorio e Endocrino1.519 materiais