A maior rede de estudos do Brasil

Ecologia

Diferencie e exemplifique: condições extremas, estressantes e propícias


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Os conceitos de condições extremas, estressantes e propícias são elaborados com base na percepção humana do meio ambiente o qual está inserido. Contudo, para os animais que ali habitam, as condições não poderiam ser descritas da mesma forma. Por exemplo, para um pinguim a condição “extrema” do inverno antártico não é tão prejudicial quanto seria para um ser humano. Dito isso, vamos as definições.

Quanto as condições extremas, são condições onde a sobrevivência é difícil para o ser vivo. Já demos um exemplo do que descreve essa condição ambiental. Outro exemplo seria o sol do meio dia em um ambiente desértico.

Condições propícias são aquelas que permitem ou facilitam o desenvolvimento das populações dos organismos. Por exemplo, uma floresta pluvial tropical é propícia para uma arara, mas pode ser considerada um ambiente extremo para um pinguim.

As condições estressantes são condições que apesar não apresentarem riscos de sobrevivência, também não são propícias para o desenvolvimento do organismo. Por exemplo, maior salinidade ou intensidade do vento em uma região.

Os conceitos de condições extremas, estressantes e propícias são elaborados com base na percepção humana do meio ambiente o qual está inserido. Contudo, para os animais que ali habitam, as condições não poderiam ser descritas da mesma forma. Por exemplo, para um pinguim a condição “extrema” do inverno antártico não é tão prejudicial quanto seria para um ser humano. Dito isso, vamos as definições.

Quanto as condições extremas, são condições onde a sobrevivência é difícil para o ser vivo. Já demos um exemplo do que descreve essa condição ambiental. Outro exemplo seria o sol do meio dia em um ambiente desértico.

Condições propícias são aquelas que permitem ou facilitam o desenvolvimento das populações dos organismos. Por exemplo, uma floresta pluvial tropical é propícia para uma arara, mas pode ser considerada um ambiente extremo para um pinguim.

As condições estressantes são condições que apesar não apresentarem riscos de sobrevivência, também não são propícias para o desenvolvimento do organismo. Por exemplo, maior salinidade ou intensidade do vento em uma região.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Os conceitos de condições extremas, estressantes e propícias são elaborados com base na percepção humana do meio ambiente o qual está inserido. Contudo, para os animais que ali habitam, as condições não poderiam ser descritas da mesma forma. Por exemplo, para um pinguim a condição “extrema” do inverno antártico não é tão prejudicial quanto seria para um ser humano. Dito isso, vamos as definições.

Quanto as condições extremas, são condições onde a sobrevivência é difícil para o ser vivo. Já demos um exemplo do que descreve essa condição ambiental. Outro exemplo seria o sol do meio dia em um ambiente desértico.

Condições propícias são aquelas que permitem ou facilitam o desenvolvimento das populações dos organismos. Por exemplo, uma floresta pluvial tropical é propícia para uma arara, mas pode ser considerada um ambiente extremo para um pinguim.

As condições estressantes são condições que apesar não apresentarem riscos de sobrevivência, também não são propícias para o desenvolvimento do organismo. Por exemplo, maior salinidade ou intensidade do vento em uma região.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Os conceitos de condições extremas, estressantes e propícias são elaborados com base na percepção humana do meio ambiente o qual está inserido. Contudo, para os animais que ali habitam, as condições não poderiam ser descritas da mesma forma. Por exemplo, para um pinguim a condição “extrema” do inverno antártico não é tão prejudicial quanto seria para um ser humano. Dito isso, vamos as definições.

Quanto as condições extremas, são condições onde a sobrevivência é difícil para o ser vivo. Já demos um exemplo do que descreve essa condição ambiental. Outro exemplo seria o sol do meio dia em um ambiente desértico.

Condições propícias são aquelas que permitem ou facilitam o desenvolvimento das populações dos organismos. Por exemplo, uma floresta pluvial tropical é propícia para uma arara, mas pode ser considerada um ambiente extremo para um pinguim.

As condições estressantes são condições que apesar não apresentarem riscos de sobrevivência, também não são propícias para o desenvolvimento do organismo. Por exemplo, maior salinidade ou intensidade do vento em uma região.

User badge image

Dani

Há mais de um mês

Condições extremas: frio intenso, calor intenso, baixa umidade.

Condições estressantes: 

condições propícias: aquelas que favorecem o desenvolvimento do individuo e da população.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas