Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

O principal sistema de fornecimento de energia na transição do repouso para o exercício é: Sistema ATP-PC ???.


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

O sistema ATP-CP é predominante em todas as atividades caracterizadas por alta intensidade e curta duração, tendo como fator de limitação o estoque intracelular de Creatina-fosfato, composto que armazena energia química nas ligações entre o radical fosfato (PO4) e a molécula de Creatina.


Muitas evidências mostram que nessa fase o sistema ATP- CP é a primeira via bioenergética ativa, seguido pela glicólise e, finalmente, pela produção aeróbica de energia. Após o estado estável ter sido atingido, a necessidade orgânica de ATP é suprimida por intermédio do metabolismo aeróbio. A energia necessária para o exercício não é fornecida simplesmente ativando-se uma única via bioenergética, mas por uma mistura de diversos sistemas metabólicos.

Fontes: http://www.medicinadoesporte.com/SistemaATP.htm,

http://bioquimicaexercicio.blogspot.com/2010/11/transicao-do-repouso-ao-exercicio.html

Acesso em 11 set. 2018.

O sistema ATP-CP é predominante em todas as atividades caracterizadas por alta intensidade e curta duração, tendo como fator de limitação o estoque intracelular de Creatina-fosfato, composto que armazena energia química nas ligações entre o radical fosfato (PO4) e a molécula de Creatina.


Muitas evidências mostram que nessa fase o sistema ATP- CP é a primeira via bioenergética ativa, seguido pela glicólise e, finalmente, pela produção aeróbica de energia. Após o estado estável ter sido atingido, a necessidade orgânica de ATP é suprimida por intermédio do metabolismo aeróbio. A energia necessária para o exercício não é fornecida simplesmente ativando-se uma única via bioenergética, mas por uma mistura de diversos sistemas metabólicos.

Fontes: http://www.medicinadoesporte.com/SistemaATP.htm,

http://bioquimicaexercicio.blogspot.com/2010/11/transicao-do-repouso-ao-exercicio.html

Acesso em 11 set. 2018.

User badge image

Lourrany Noronha de Melo

Há mais de um mês

         Na transição do repouso ao exercíco leve ou moderado, o consumo de oxigênio aumenta rapidamente e atine um estado estável em um período de 1 a 4 minutos. O consumo de oxigênio não aumenta instantaneamente até atingir um valor de estado estável. Isso sugere que as fontes anaeróbicas de energia contribuem para a produção de ATP no início do exercício. 

             Muitas evidências mostram que nessa fase o sistema ATP- CP é a primeira via bioenergética ativa, seguido pela glicólise e, finalmente, pela produção aeróbica de energia. Após o estado estável ter sido atingido, a necessidade orgânica de ATP é suprimida por intermédio do metabolismo aeróbio. A energia necessária para o exercício não é fornecida simplesmente ativando-se uma única via bioenergética, mas por uma mistura de diversos sistemas metabólicos.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

O sistema ATP-CP é predominante em todas as atividades caracterizadas por alta intensidade e curta duração, tendo como fator de limitação o estoque intracelular de Creatina-fosfato, composto que armazena energia química nas ligações entre o radical fosfato (PO4) e a molécula de Creatina.


Muitas evidências mostram que nessa fase o sistema ATP- CP é a primeira via bioenergética ativa, seguido pela glicólise e, finalmente, pela produção aeróbica de energia. Após o estado estável ter sido atingido, a necessidade orgânica de ATP é suprimida por intermédio do metabolismo aeróbio. A energia necessária para o exercício não é fornecida simplesmente ativando-se uma única via bioenergética, mas por uma mistura de diversos sistemas metabólicos.

Fontes: http://www.medicinadoesporte.com/SistemaATP.htm,

http://bioquimicaexercicio.blogspot.com/2010/11/transicao-do-repouso-ao-exercicio.html

Acesso em 11 set. 2018.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

O sistema ATP-CP é predominante em todas as atividades caracterizadas por alta intensidade e curta duração, tendo como fator de limitação o estoque intracelular de Creatina-fosfato, composto que armazena energia química nas ligações entre o radical fosfato (PO4) e a molécula de Creatina.


Muitas evidências mostram que nessa fase o sistema ATP- CP é a primeira via bioenergética ativa, seguido pela glicólise e, finalmente, pela produção aeróbica de energia. Após o estado estável ter sido atingido, a necessidade orgânica de ATP é suprimida por intermédio do metabolismo aeróbio. A energia necessária para o exercício não é fornecida simplesmente ativando-se uma única via bioenergética, mas por uma mistura de diversos sistemas metabólicos.

Fontes: http://www.medicinadoesporte.com/SistemaATP.htm,

http://bioquimicaexercicio.blogspot.com/2010/11/transicao-do-repouso-ao-exercicio.html

Acesso em 11 set. 2018.

Essa pergunta já foi respondida!