A maior rede de estudos do Brasil

como identificar a polaridade de um composto orgânico?


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Polaridade pode ser definida como a capacidade que as ligações têm para atrair as cargas dos elétrons. Em compostos orgânicos as ligações químicas predominantes são as ligações covalentes.


Ligações covalentes são aquelas em que acontece o compartilhamento de elétrons entre átomos. Dessa maneira, uma molécula orgânica formada apenas por átomos dos mesmos elementos químicos (hidrocarbonetos, por exemplo) tendem a ser apolares, ou seja, a atração de cargas negativas é a mesma entre átomos, uma vez que a ligação ocorre entre elementos iguais (ois carbonos por exemplo).


Entretanto, há funções orgânicas que não são formadas apenas por átomos de carbono e hidrogênio. Átomos de oxigênio são mais eletronegativos, então tendem a atrair mais as cargas elétricas.


Assim, para determinar a polaridade de um composto orgânico é necessário identificar a polaridade principalmente dos grupos funcionais, uma vez que a atração de cargas negativas será predominante nesses grupos. Para isso, é necessário utilizar a escala de eletronegatividade conhecida da tabela periódica.

Polaridade pode ser definida como a capacidade que as ligações têm para atrair as cargas dos elétrons. Em compostos orgânicos as ligações químicas predominantes são as ligações covalentes.


Ligações covalentes são aquelas em que acontece o compartilhamento de elétrons entre átomos. Dessa maneira, uma molécula orgânica formada apenas por átomos dos mesmos elementos químicos (hidrocarbonetos, por exemplo) tendem a ser apolares, ou seja, a atração de cargas negativas é a mesma entre átomos, uma vez que a ligação ocorre entre elementos iguais (ois carbonos por exemplo).


Entretanto, há funções orgânicas que não são formadas apenas por átomos de carbono e hidrogênio. Átomos de oxigênio são mais eletronegativos, então tendem a atrair mais as cargas elétricas.


Assim, para determinar a polaridade de um composto orgânico é necessário identificar a polaridade principalmente dos grupos funcionais, uma vez que a atração de cargas negativas será predominante nesses grupos. Para isso, é necessário utilizar a escala de eletronegatividade conhecida da tabela periódica.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

Polaridade pode ser definida como a capacidade que as ligações têm para atrair as cargas dos elétrons. Em compostos orgânicos as ligações químicas predominantes são as ligações covalentes.


Ligações covalentes são aquelas em que acontece o compartilhamento de elétrons entre átomos. Dessa maneira, uma molécula orgânica formada apenas por átomos dos mesmos elementos químicos (hidrocarbonetos, por exemplo) tendem a ser apolares, ou seja, a atração de cargas negativas é a mesma entre átomos, uma vez que a ligação ocorre entre elementos iguais (ois carbonos por exemplo).


Entretanto, há funções orgânicas que não são formadas apenas por átomos de carbono e hidrogênio. Átomos de oxigênio são mais eletronegativos, então tendem a atrair mais as cargas elétricas.


Assim, para determinar a polaridade de um composto orgânico é necessário identificar a polaridade principalmente dos grupos funcionais, uma vez que a atração de cargas negativas será predominante nesses grupos. Para isso, é necessário utilizar a escala de eletronegatividade conhecida da tabela periódica.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

Polaridade pode ser definida como a capacidade que as ligações têm para atrair as cargas dos elétrons. Em compostos orgânicos as ligações químicas predominantes são as ligações covalentes.


Ligações covalentes são aquelas em que acontece o compartilhamento de elétrons entre átomos. Dessa maneira, uma molécula orgânica formada apenas por átomos dos mesmos elementos químicos (hidrocarbonetos, por exemplo) tendem a ser apolares, ou seja, a atração de cargas negativas é a mesma entre átomos, uma vez que a ligação ocorre entre elementos iguais (ois carbonos por exemplo).


Entretanto, há funções orgânicas que não são formadas apenas por átomos de carbono e hidrogênio. Átomos de oxigênio são mais eletronegativos, então tendem a atrair mais as cargas elétricas.


Assim, para determinar a polaridade de um composto orgânico é necessário identificar a polaridade principalmente dos grupos funcionais, uma vez que a atração de cargas negativas será predominante nesses grupos. Para isso, é necessário utilizar a escala de eletronegatividade conhecida da tabela periódica.

User badge image

Sâmara Estfanny

Há mais de um mês

A capacidade que as ligações possuem de atrair cargas elétricas se define como Polaridade, esta assume caráter diferente dependendo da ligação onde se faz presente.
Em relação à ligação iônica e covalente, esta última faz com que a molécula seja apolar. A molécula onde a ligação iônica é responsável por manter átomos unidos apresenta polaridade.

A ligação predominante entre os compostos orgânicos é a covalente, portanto se tornam na maioria compostos apolares. As longas cadeias carbônicas presentes em substâncias orgânicas não lhes permitem outro caráter senão o apolar.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas