A maior rede de estudos do Brasil

custeio direto

Produztudo é uma empresa que produziu e comercializou, no exercício social de 20X5, um único produto. A fábrica entrou em operação nesse ano, não havendo, portanto, qualquer tipo de estoque no início do exercício fiscal de 20X5. Durante este período a contabilidade reporta dados da produção e das despesas incorridas: Preço líquido de venda por unidade R$ 60,00; Custo variável de fabricação R$ 40,00 por unidade; Custos fixos de fabricação R$ 1.000,00; Despesas operacionais de administração R$ 600,00; 500 unidades produzidas e acabadas; 300 unidades vendidas. Com base nas informações, determine o lucro, pelo método de custeio direto


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

De acordo com o que foi dito no texto base, temos que através do ponto de equilíbrio contábil (dado pela divisão entre os custos fixos e a margem de contribuição unitária), podemos responder a questão, então, temos:


\[PEc{\require{text}\text{ }} = {\require{text}\text{ }}\dfrac{{CF}}{{MCu}}\]
em que \({MCu}\)diz respeito ao preço de venda (custo variáveis unitários). Assim, temos:


\[MCu{\require{text}\text{ }} = {\require{text}\text{ }}60{\require{text}\text{ }} - {\require{text}\text{ }}40{\require{text}\text{ }} = {\require{text}\text{ }}20\]

Com isso, temos que o ponto de equilíbrio será:


\[PEc{\require{text}\text{ }} = {\require{text}\text{ }}\dfrac{{1.000{\require{text}\text{ }}}}{{20}} = {\require{text}\text{ }}50{\require{text}\text{ }}und\]

e o ponto de equilíbrio de valor será dado por \(Receita{\require{text}\text{ }} = {\require{text}\text{ }}Pv{\require{text}\text{ }} \cdot {\require{text}\text{ }}Qtd\) ou seja:


\[Receita{\require{text}\text{ }} = {\require{text}\text{ }}60{\require{text}\text{ }} \cdot {\require{text}\text{ }}50{\require{text}\text{ }} = {\require{text}\text{ }}3.000\]

Isso é verdadeiro, pois se colocarmos a quantidade na equação de custo total o resultado terá que ser o mesmo, isto é:


\[\eqalign{ & Custo{\require{text}\text{ }}total{\require{text}\text{ }} = {\require{text}\text{ }}Custos{\require{text}\text{ }}Fixos{\require{text}\text{ }} + {\require{text}\text{ }}\left( {custos{\require{text}\text{ }}vari\'a veis{\require{text}\text{ }} \cdot {\require{text}\text{ }}qtd} \right) \cr & Custo{\require{text}\text{ }}total{\require{text}\text{ }} = {\require{text}\text{ }}1.000{\require{text}\text{ }} + {\require{text}\text{ }}40{\require{text}\text{ }} \cdot {\require{text}\text{ }}50 \cr & Custo{\require{text}\text{ }}total{\require{text}\text{ }} = {\require{text}\text{ }}1.000{\require{text}\text{ }} + {\require{text}\text{ }}2.000 \cr & Custo{\require{text}\text{ }}total{\require{text}\text{ }} = {\require{text}\text{ }}3.000 }\]

De acordo com o que foi dito no texto base, temos que através do ponto de equilíbrio contábil (dado pela divisão entre os custos fixos e a margem de contribuição unitária), podemos responder a questão, então, temos:


\[PEc{\require{text}\text{ }} = {\require{text}\text{ }}\dfrac{{CF}}{{MCu}}\]
em que \({MCu}\)diz respeito ao preço de venda (custo variáveis unitários). Assim, temos:


\[MCu{\require{text}\text{ }} = {\require{text}\text{ }}60{\require{text}\text{ }} - {\require{text}\text{ }}40{\require{text}\text{ }} = {\require{text}\text{ }}20\]

Com isso, temos que o ponto de equilíbrio será:


\[PEc{\require{text}\text{ }} = {\require{text}\text{ }}\dfrac{{1.000{\require{text}\text{ }}}}{{20}} = {\require{text}\text{ }}50{\require{text}\text{ }}und\]

e o ponto de equilíbrio de valor será dado por \(Receita{\require{text}\text{ }} = {\require{text}\text{ }}Pv{\require{text}\text{ }} \cdot {\require{text}\text{ }}Qtd\) ou seja:


\[Receita{\require{text}\text{ }} = {\require{text}\text{ }}60{\require{text}\text{ }} \cdot {\require{text}\text{ }}50{\require{text}\text{ }} = {\require{text}\text{ }}3.000\]

Isso é verdadeiro, pois se colocarmos a quantidade na equação de custo total o resultado terá que ser o mesmo, isto é:


\[\eqalign{ & Custo{\require{text}\text{ }}total{\require{text}\text{ }} = {\require{text}\text{ }}Custos{\require{text}\text{ }}Fixos{\require{text}\text{ }} + {\require{text}\text{ }}\left( {custos{\require{text}\text{ }}vari\'a veis{\require{text}\text{ }} \cdot {\require{text}\text{ }}qtd} \right) \cr & Custo{\require{text}\text{ }}total{\require{text}\text{ }} = {\require{text}\text{ }}1.000{\require{text}\text{ }} + {\require{text}\text{ }}40{\require{text}\text{ }} \cdot {\require{text}\text{ }}50 \cr & Custo{\require{text}\text{ }}total{\require{text}\text{ }} = {\require{text}\text{ }}1.000{\require{text}\text{ }} + {\require{text}\text{ }}2.000 \cr & Custo{\require{text}\text{ }}total{\require{text}\text{ }} = {\require{text}\text{ }}3.000 }\]

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas