A maior rede de estudos do Brasil

Quais são os tipos de prescrição penal e decadência? eles se dividem em outros tipos dentro desses?


2 resposta(s)

User badge image

Estudante

Há mais de um mês

Os tipos de prescrição são:

1 - prescrição da pretensão punitiva pela pena em abstrato.

2 - prescrição da pretensão punitiva retroativa.

3 -prescrição da pretensão punitiva superveniente.

4 - prescrição da pretensão executória.

Já a decadência o prazo geral é de 6 meses para a representação ou queixa conforme o artigo 103 do Código Penal, sendo que, segundo a doutrina a decadência não é subdividida. 

A prescrição da pretensão punitiva é aquela em que ainda não há sentença condenatória transitada em julgado para ambas as partes. Nesse caso a prescrição até a sentença é regulada pela pena em abstrato do crime praticado e quando há o trânsito em julgado para a acusação (e não para a defesa) regula-se pela pena aplicada na sentença condenatória recorrível para  a defesa. Os efeitos da prescrição da pretensão punitiva é que quando ela ocorre ainda não há título executivo judicial, sendo réu considerado primário.

Na prescrição da pretensão executória já há o trânsito em julgado e a prescrição nesse caso é regulada pela pena aplicada na sentença penal condenatória.  Os efeitos da prescrição da pretensão executória é que quando ela ocorre já há título executivo judicial podendo ser executada no juiz cível para efeitos de indenização, podendo o réu ser considerado reincidente dependendo do caso em concreto.

Os tipos de prescrição são:

1 - prescrição da pretensão punitiva pela pena em abstrato.

2 - prescrição da pretensão punitiva retroativa.

3 -prescrição da pretensão punitiva superveniente.

4 - prescrição da pretensão executória.

Já a decadência o prazo geral é de 6 meses para a representação ou queixa conforme o artigo 103 do Código Penal, sendo que, segundo a doutrina a decadência não é subdividida. 

A prescrição da pretensão punitiva é aquela em que ainda não há sentença condenatória transitada em julgado para ambas as partes. Nesse caso a prescrição até a sentença é regulada pela pena em abstrato do crime praticado e quando há o trânsito em julgado para a acusação (e não para a defesa) regula-se pela pena aplicada na sentença condenatória recorrível para  a defesa. Os efeitos da prescrição da pretensão punitiva é que quando ela ocorre ainda não há título executivo judicial, sendo réu considerado primário.

Na prescrição da pretensão executória já há o trânsito em julgado e a prescrição nesse caso é regulada pela pena aplicada na sentença penal condenatória.  Os efeitos da prescrição da pretensão executória é que quando ela ocorre já há título executivo judicial podendo ser executada no juiz cível para efeitos de indenização, podendo o réu ser considerado reincidente dependendo do caso em concreto.

User badge image

FERNANDA

Há mais de um mês

O presente artigo visa analisar as diferentes formas de prescrição existentes no direito Penal Brasileiro, bem como suas aplicações, causas e interrupções nos processos criminais, além dos diversos usos desta para o ius puniendi estatal.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes