A maior rede de estudos do Brasil

Biofisica

Sabemos que os neurônios se comunicam por meio de sinais elétricos e que é a luz incidente em nossos olhos que fornece a energia necessária para as células especializadas serem excitadas. O processo de conversão de energia luminosa em sinais elétricos é chamado Fototransdução. A respeito dessa temática responda: Em nossa visão os cones são:

Biofísica

DEVRY


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

A retina é constituída por três tipos de camadas: os neurônios bipolares, os neurônios ganglionares e as células fotossensíveis.

Os neurônios bipolares promovem a união das células fotossensíveis com os neurônios ganglionares, que agrupa-se com as fibras nervosas e, assim, origina o nervo óptico. Este, transporta os impulsos nervosos até ao cérebro. As células fotossensíveis, devido a sua forma, são denominadas em dois tipos: os cones e os bastonetes.

Existem cerca de 6 milhões de cones que estão concentrados em uma pequena depressão localizada mácula lútea (centro da retina) denominada de fóvea. Apresentam uma forma alongada e cilíndrica, com segmentos externos de forma cônica.

É nessa região que a imagem é formada com maior nitidez, pois são estimulados pela luz mais intensa. Os cones são especializados na acuidade da visão diurna e em reconhecer a cor. Existem três tipos de cones que apresentam fotopigmentos fundamentais que respondem à luz de comprimentos de ondas (λ): o cianopigmento – cones S (λ curto) – sensível a cor azul, o cloropigmento – cones M (λ médio) – sensível a cor verde e o eritopigmento – cones L (λ longo) – sensível a cor vermelha.


O cérebro interpreta os sinais recebidos por esses cones, o que permite processar a diferenciação das cores.

Fonte: https://www.infoescola.com/visao/retina/

Acessado em 03/10/18

A retina é constituída por três tipos de camadas: os neurônios bipolares, os neurônios ganglionares e as células fotossensíveis.

Os neurônios bipolares promovem a união das células fotossensíveis com os neurônios ganglionares, que agrupa-se com as fibras nervosas e, assim, origina o nervo óptico. Este, transporta os impulsos nervosos até ao cérebro. As células fotossensíveis, devido a sua forma, são denominadas em dois tipos: os cones e os bastonetes.

Existem cerca de 6 milhões de cones que estão concentrados em uma pequena depressão localizada mácula lútea (centro da retina) denominada de fóvea. Apresentam uma forma alongada e cilíndrica, com segmentos externos de forma cônica.

É nessa região que a imagem é formada com maior nitidez, pois são estimulados pela luz mais intensa. Os cones são especializados na acuidade da visão diurna e em reconhecer a cor. Existem três tipos de cones que apresentam fotopigmentos fundamentais que respondem à luz de comprimentos de ondas (λ): o cianopigmento – cones S (λ curto) – sensível a cor azul, o cloropigmento – cones M (λ médio) – sensível a cor verde e o eritopigmento – cones L (λ longo) – sensível a cor vermelha.


O cérebro interpreta os sinais recebidos por esses cones, o que permite processar a diferenciação das cores.

Fonte: https://www.infoescola.com/visao/retina/

Acessado em 03/10/18

User badge image

Nathalia Souza

Há mais de um mês

 

Fotorreceptores especializados na visão colorida.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

A retina é constituída por três tipos de camadas: os neurônios bipolares, os neurônios ganglionares e as células fotossensíveis.

Os neurônios bipolares promovem a união das células fotossensíveis com os neurônios ganglionares, que agrupa-se com as fibras nervosas e, assim, origina o nervo óptico. Este, transporta os impulsos nervosos até ao cérebro. As células fotossensíveis, devido a sua forma, são denominadas em dois tipos: os cones e os bastonetes.

Existem cerca de 6 milhões de cones que estão concentrados em uma pequena depressão localizada mácula lútea (centro da retina) denominada de fóvea. Apresentam uma forma alongada e cilíndrica, com segmentos externos de forma cônica. 

É nessa região que a imagem é formada com maior nitidez, pois são estimulados pela luz mais intensa. Os cones são especializados na acuidade da visão diurna e em reconhecer a cor. Existem três tipos de cones que apresentam fotopigmentos fundamentais que respondem à luz de comprimentos de ondas (λ): o cianopigmento – cones S (λ curto) – sensível a cor azul, o cloropigmento – cones M (λ médio) – sensível a cor verde e o eritopigmento – cones L (λ longo) – sensível a cor vermelha. 


O cérebro interpreta os sinais recebidos por esses cones, o que permite processar a diferenciação das cores.

Fonte: https://www.infoescola.com/visao/retina/

Acessado em 03/10/18

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

A retina é constituída por três tipos de camadas: os neurônios bipolares, os neurônios ganglionares e as células fotossensíveis.

Os neurônios bipolares promovem a união das células fotossensíveis com os neurônios ganglionares, que agrupa-se com as fibras nervosas e, assim, origina o nervo óptico. Este, transporta os impulsos nervosos até ao cérebro. As células fotossensíveis, devido a sua forma, são denominadas em dois tipos: os cones e os bastonetes.

Existem cerca de 6 milhões de cones que estão concentrados em uma pequena depressão localizada mácula lútea (centro da retina) denominada de fóvea. Apresentam uma forma alongada e cilíndrica, com segmentos externos de forma cônica.

É nessa região que a imagem é formada com maior nitidez, pois são estimulados pela luz mais intensa. Os cones são especializados na acuidade da visão diurna e em reconhecer a cor. Existem três tipos de cones que apresentam fotopigmentos fundamentais que respondem à luz de comprimentos de ondas (λ): o cianopigmento – cones S (λ curto) – sensível a cor azul, o cloropigmento – cones M (λ médio) – sensível a cor verde e o eritopigmento – cones L (λ longo) – sensível a cor vermelha.


O cérebro interpreta os sinais recebidos por esses cones, o que permite processar a diferenciação das cores.

Fonte: https://www.infoescola.com/visao/retina/

Acessado em 03/10/18

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas