A maior rede de estudos do Brasil

qual o nome de cada nervo espinhal e função de cada?

Fisiologia

4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para responder esta pergunta devemos colocar em prática o nosso conhecimento sobre Fisiologia Humana.


Nervos espinais têm sua inserção na medula espinal. Transmitem tanto impulsos sensoriais quanto motores e são, portanto, considerados nervos mistos. A medula espinal é composta por segmentos, como indicado pelos 31 pares de nervos espinais. Cada segmento tem numerosas radículas anteriores (ventrais) e posteriores (dorsais) que se originam das respectivas faces da medula espinal. As radículas posteriores contêm processos neuronais que conduzem impulsos aferentes até a medula espinal, enquanto as radículas anteriores conduzem impulsos eferentes a partir da medula espinal. As respectivas radículas provenientes de cada segmento se unem para formar as raízes anterior e posterior.


Portanto, os nervos espinhais são um conjunto de nervos que nascem próximos à coluna vertebral, na medula espinhal. Os nervos espinhais possuem às vezes uma raiz sensível e uma raiz motora que permite a contração dos músculos de comando automático. Essas raízes nervosas se dividem em seguida em diferentes nervos periféricos que asseguram a maior parte da inervação do corpo situado acima do pescoço.

Para responder esta pergunta devemos colocar em prática o nosso conhecimento sobre Fisiologia Humana.


Nervos espinais têm sua inserção na medula espinal. Transmitem tanto impulsos sensoriais quanto motores e são, portanto, considerados nervos mistos. A medula espinal é composta por segmentos, como indicado pelos 31 pares de nervos espinais. Cada segmento tem numerosas radículas anteriores (ventrais) e posteriores (dorsais) que se originam das respectivas faces da medula espinal. As radículas posteriores contêm processos neuronais que conduzem impulsos aferentes até a medula espinal, enquanto as radículas anteriores conduzem impulsos eferentes a partir da medula espinal. As respectivas radículas provenientes de cada segmento se unem para formar as raízes anterior e posterior.


Portanto, os nervos espinhais são um conjunto de nervos que nascem próximos à coluna vertebral, na medula espinhal. Os nervos espinhais possuem às vezes uma raiz sensível e uma raiz motora que permite a contração dos músculos de comando automático. Essas raízes nervosas se dividem em seguida em diferentes nervos periféricos que asseguram a maior parte da inervação do corpo situado acima do pescoço.

User badge image

laryza laryzathalia199@gmail.com

Há mais de um mês

https://www.auladeanatomia.com/novosite/sistemas/sistema-nervoso/sn-periferico/nervos-espinhais/

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para responder esta pergunta devemos colocar em prática o nosso conhecimento sobre Fisiologia Humana.


Nervos espinais têm sua inserção na medula espinal. Transmitem tanto impulsos sensoriais quanto motores e são, portanto, considerados nervos mistos. A medula espinal é composta por segmentos, como indicado pelos 31 pares de nervos espinais. Cada segmento tem numerosas radículas anteriores (ventrais) e posteriores (dorsais) que se originam das respectivas faces da medula espinal. As radículas posteriores contêm processos neuronais que conduzem impulsos aferentes até a medula espinal, enquanto as radículas anteriores conduzem impulsos eferentes a partir da medula espinal. As respectivas radículas provenientes de cada segmento se unem para formar as raízes anterior e posterior.


Portanto, a raiz posterior contém os processos centrais dos corpos celulares dos neurônios sensoriais, localizados no gânglio sensitivo do nervo espinal (GSNE). O gânglio sensitivo do nervo espinal também é chamado de “gânglio espinal”. Os processos periféricos desses neurônios localizam-se no nervo espinal, nos seus ramos e ramificações. Os processos terminam nos receptores ou os formam. A raiz anterior contém fibras motoras. Os corpos celulares de seus neurônios encontram-se na substância cinzenta da medula espinal: corno anterior, se os axônios inervam o músculo esquelético; corno lateral, se os axônios suprem o músculo liso, o músculo cardíaco ou as glândulas. As raízes anterior e posterior se unem para formar um nervo espinal misto curto. Quase imediatamente após sua formação, o nervo espinal se divide em ramos anteriores e posteriores: Os ramos posteriores inervam os músculos intrínsecos (profundos) do dorso e pescoço, as articulações da coluna vertebral e a pele na face posterior (dorsal) do tronco, do pescoço e da cabeça.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas