A maior rede de estudos do Brasil

diferencia entre período embrionário e fetal?

Embriologia

ESTÁCIO


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

A gravidez é dividida em várias etapas, e vai desde o desenvolvimento embrionário, na formação dos folhetos embrionários e tecidos primitivos, até a maturação fetal.

A partir da terceira semana é quando o zigoto (célula derivada da fecundação) passa a se tornar, de fato, o embrião.

Esta fase embrionária é caracterizada pelo crescimento e desenvolvimento dos tecidos e órgãos, a partir dos três folhetos embrionários que surgiram no período de gastrulação do zigoto, são estes a ectoderme, a mesoderme e a endoderme.

Ao final do primeiro mês, um coração pequeno e primitivo já faz a circulação do embrião e, ao final do segundo mês tem-se o desenvolvimento do sistema nervoso.

Concluídas as oito semanas, o embrião está totalmente formado, e passa a se chamar de feto. Nesta etapa, já com todos os órgãos internos, o bebê está maturando suas estruturas internas, terminando de desenvolvê-las. É também no estágio fetal que começam a ser desenvolvido, a partir de brotos, os membros (pernas, braços e dedos.).

O estágio fetal é o mais longo, e só tem seu término no ato do nascimento do feto, que, após o nascimento, passa a ser um bebê.

A gravidez é dividida em várias etapas, e vai desde o desenvolvimento embrionário, na formação dos folhetos embrionários e tecidos primitivos, até a maturação fetal.

A partir da terceira semana é quando o zigoto (célula derivada da fecundação) passa a se tornar, de fato, o embrião.

Esta fase embrionária é caracterizada pelo crescimento e desenvolvimento dos tecidos e órgãos, a partir dos três folhetos embrionários que surgiram no período de gastrulação do zigoto, são estes a ectoderme, a mesoderme e a endoderme.

Ao final do primeiro mês, um coração pequeno e primitivo já faz a circulação do embrião e, ao final do segundo mês tem-se o desenvolvimento do sistema nervoso.

Concluídas as oito semanas, o embrião está totalmente formado, e passa a se chamar de feto. Nesta etapa, já com todos os órgãos internos, o bebê está maturando suas estruturas internas, terminando de desenvolvê-las. É também no estágio fetal que começam a ser desenvolvido, a partir de brotos, os membros (pernas, braços e dedos.).

O estágio fetal é o mais longo, e só tem seu término no ato do nascimento do feto, que, após o nascimento, passa a ser um bebê.

User badge image

Gabriela Medeiros Abreu

Há mais de um mês

O período embrionário é aquele entre a fecundação e enquanto ocorre apenas o processo de multiplicação celular e inicia o processo de diferenciação, contudo o pequeno ser ainda não tem uma forma pre ser humano (no caso dos humanos, claro). Dura ate a nona semana. A partir dai passa a se chamar feto pois ele já esta com o formato e iniciando o processo de formação dos órgão e corpo.

 

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

A gravidez é dividida em várias etapas, e vai desde o desenvolvimento embrionário, na formação dos folhetos embrionários e tecidos primitivos, até a maturação fetal.

A partir da terceira semana é quando o zigoto (célula derivada da fecundação) passa a se tornar, de fato, o embrião.

Esta fase embrionária é caracterizada pelo crescimento e desenvolvimento dos tecidos e órgãos, a partir dos três folhetos embrionários que surgiram no período de gastrulação do zigoto, são estes a ectoderme, a mesoderme e a endoderme.

Ao final do primeiro mês, um coração pequeno e primitivo já faz a circulação do embrião e, ao final do segundo mês tem-se o desenvolvimento do sistema nervoso.

Concluídas as oito semanas, o embrião está totalmente formado, e passa a se chamar de feto. Nesta etapa, já com todos os órgãos internos, o bebê está maturando suas estruturas internas, terminando de desenvolvê-las. É também no estágio fetal que começam a ser desenvolvido, a partir de brotos, os membros (pernas, braços e dedos.).

O estágio fetal é o mais longo, e só tem seu término no ato do nascimento do feto, que, após o nascimento, passa a ser um bebê.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

A gravidez é dividida em várias etapas, e vai desde o desenvolvimento embrionário, na formação dos folhetos embrionários e tecidos primitivos, até a maturação fetal.

A partir da terceira semana é quando o zigoto (célula derivada da fecundação) passa a se tornar, de fato, o embrião.

Esta fase embrionária é caracterizada pelo crescimento e desenvolvimento dos tecidos e órgãos, a partir dos três folhetos embrionários que surgiram no período de gastrulação do zigoto, são estes a ectoderme, a mesoderme e a endoderme.

Ao final do primeiro mês, um coração pequeno e primitivo já faz a circulação do embrião e, ao final do segundo mês tem-se o desenvolvimento do sistema nervoso.

Concluídas as oito semanas, o embrião está totalmente formado, e passa a se chamar de feto. Nesta etapa, já com todos os órgãos internos, o bebê está maturando suas estruturas internas, terminando de desenvolvê-las. É também no estágio fetal que começam a ser desenvolvido, a partir de brotos, os membros (pernas, braços e dedos.).

O estágio fetal é o mais longo, e só tem seu término no ato do nascimento do feto, que, após o nascimento, passa a ser um bebê.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas