A maior rede de estudos do Brasil

Quando um estimador é eficiente

Economia IUNOPAR

4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para responder a essa pergunta, precisamos colocar em prática nossos conhecimentos sobre Economia.


Dizemos que um estimador é eficiente se for não viesado e, dentre os estimadores não viesados, apresentar a menor variância. Ou seja, considerando dois estimadores X1 e X2 não viesados do parâmetro θ, o estimador que tem maior eficiência é o que possuir menor variância.

Consideramos um estimador X como não-viesado se ele não erra, não é tendencioso, ou seja, se o valor esperado for o próprio parâmetro θ que se pretende estimar.


Concluindo, um estimador é eficiente quando é não viesado (não-tendencioso) e, dentre os estimadores não viesados, é mais eficiente o que apresentar menor variância.

Fonte:

Bussab, W.; Morettin, P.A. (2002). Estatística Básica. Editora Saraiva, São Paulo, Brasil. Cap. 11, pg. 289-296.

Para responder a essa pergunta, precisamos colocar em prática nossos conhecimentos sobre Economia.


Dizemos que um estimador é eficiente se for não viesado e, dentre os estimadores não viesados, apresentar a menor variância. Ou seja, considerando dois estimadores X1 e X2 não viesados do parâmetro θ, o estimador que tem maior eficiência é o que possuir menor variância.

Consideramos um estimador X como não-viesado se ele não erra, não é tendencioso, ou seja, se o valor esperado for o próprio parâmetro θ que se pretende estimar.


Concluindo, um estimador é eficiente quando é não viesado (não-tendencioso) e, dentre os estimadores não viesados, é mais eficiente o que apresentar menor variância.

Fonte:

Bussab, W.; Morettin, P.A. (2002). Estatística Básica. Editora Saraiva, São Paulo, Brasil. Cap. 11, pg. 289-296.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Para responder a essa pergunta, precisamos colocar em prática nossos conhecimentos sobre Economia.


Dizemos que um estimador é eficiente se for não viesado e, dentre os estimadores não viesados, apresentar a menor variância. Ou seja, considerando dois estimadores X1 e X2 não viesados do parâmetro θ, o estimador que tem maior eficiência é o que possuir menor variância.

Consideramos um estimador X como não-viesado se ele não erra, não é tendencioso, ou seja, se o valor esperado for o próprio parâmetro θ que se pretende estimar.


Concluindo, um estimador é eficiente quando é não viesado (não-tendencioso) e, dentre os estimadores não viesados, é mais eficiente o que apresentar menor variância.

Fonte:

Bussab, W.; Morettin, P.A. (2002). Estatística Básica. Editora Saraiva, São Paulo, Brasil. Cap. 11, pg. 289-296.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Para responder a essa pergunta, precisamos colocar em prática nossos conhecimentos sobre Economia.


Dizemos que um estimador é eficiente se for não viesado e, dentre os estimadores não viesados, apresentar a menor variância. Ou seja, considerando dois estimadores X1 e X2 não viesados do parâmetro θ, o estimador que tem maior eficiência é o que possuir menor variância.

Consideramos um estimador X como não-viesado se ele não erra, não é tendencioso, ou seja, se o valor esperado for o próprio parâmetro θ que se pretende estimar.


Concluindo, um estimador é eficiente quando é não viesado (não-tendencioso) e, dentre os estimadores não viesados, é mais eficiente o que apresentar menor variância.

Fonte:

Bussab, W.; Morettin, P.A. (2002). Estatística Básica. Editora Saraiva, São Paulo, Brasil. Cap. 11, pg. 289-296.

User badge image

Filipe

Há mais de um mês

Um estimador é considerado eficiente quando segue as propriedades de Gauss-Markov para o modelo de MQO, que diz:
- O estimador deve ser não viesado ou seja não tendencioso.
- É linear, ou seja, uma função de uma variável aleátoria.
- Tem variancia mínima.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas