A maior rede de estudos do Brasil

Qual é o valor mínimo para uma remessa de exportação?


2 resposta(s)

User badge image

Especialistas PD

Há mais de um mês

Não existe um valor mínimo, nem uma quantidade mínima. No entanto deve-se avaliar os custos da operação, com muita atenção, pois, dependendo do volume, eles podem inviabilizar a exportação de pequenas quantidades e/ou valores. Cabe ressaltar que estes custos são advindos da operação, sendo: custos operacionais de desembaraço aduaneiro, frete, seguro, entre outros.
 

Não existe um valor mínimo, nem uma quantidade mínima. No entanto deve-se avaliar os custos da operação, com muita atenção, pois, dependendo do volume, eles podem inviabilizar a exportação de pequenas quantidades e/ou valores. Cabe ressaltar que estes custos são advindos da operação, sendo: custos operacionais de desembaraço aduaneiro, frete, seguro, entre outros.
 

User badge image

Ally

Há mais de um mês

A modalidade de exportação Remessa Expressa é aquela que permite o envio de documentos e mercadorias, sem cobertura cambial, para pessoas domiciliadas no exterior, mediante processo de desembaraço aduaneiro simplificado. 

Nesta modalidade, as empresas de transporte expresso internacional, popularmente conhecidas como empresas Courier, são responsáveis pela formalização do despacho de exportação da mercadoria e pelo transporte do produto até adquirente final. 

Desta forma, não se faz necessário que o remetente, pessoa física ou jurídica, seja habilitado junto à Receita Federal do Brasil (RFB) na qualidade de exportador (RADAR). 

OBJETO DA EXPORTAÇÃO

As operações realizadas na modalidade expressa são caracterizadas pelo envio de mercadorias à título de amostragem, não sendo contemplada a possibilidade de exportação com cobertura cambial, isto é, de bens destinados a revenda. 

Os bens que poderão ser objeto de exportação na Remessa Expressa estão taxativamente elencados no artigo 4° da Instrução Normativa RFB n° 1.073/2010. Quais sejam: 

a) documentos; 

b) livros, jornais e periódicos, cujo valor total não seja superior a US$ 3.000,00, ou o equivalente em outra moeda; 

c) bens enviados ao exterior por pessoa física ou jurídica, sem cobertura cambial, em quantidade, frequência, natureza ou variedade que não permitam presumir operação com fins comerciais ou industriais, até o limite de US$ 5.000,00, ou o equivalente em outra moeda;

d) bens a serem devolvidos ao exterior, quando configurado abandono de mercadoria importada, por erro de expedição, ou por descaracterização do despacho aduaneiro de remessa expressa pela fiscalização aduaneira, por exemplo, se verificado que uma pessoa física realizou operação com fins comerciais. 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes