A maior rede de estudos do Brasil

Qual a diferença entre o homem e o animal?


6 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

O homem, um ser racional, age de uma forma bem diferente da de um animal, de forma que sua inteligência, sua consciência para consigo mesmo e a capacidade para analisar suas próprias ações, planejar atividades e executá-las, se destaquem perante a qualquer outro animal na natureza. Ainda, através dessa inteligência, atinge coisas sensíveis e corporais e também as realidades imateriais e incorporais, como o tempo, o espaço, o bem, a virtude etc.

Porém, apesar de todas essas características que o diferem de um animal, Segundo Max Scheler, em seu livro “A Diferença Essencial entre o Homem e o Animal”, o intelecto do homem o absolve da pressão biológica, dos seus próprios instintos. Esse desligar dos instintos faz com que o homem não tenha que se adaptar aos ambientes ao seu redor, como os animais, deixando o livre ao mundo. Os animais, por sua vez, estão todos como limitados aos seus instintos fixos e inatos a seus respectivos ambientes específicos.

O homem, um ser racional, age de uma forma bem diferente da de um animal, de forma que sua inteligência, sua consciência para consigo mesmo e a capacidade para analisar suas próprias ações, planejar atividades e executá-las, se destaquem perante a qualquer outro animal na natureza. Ainda, através dessa inteligência, atinge coisas sensíveis e corporais e também as realidades imateriais e incorporais, como o tempo, o espaço, o bem, a virtude etc.

Porém, apesar de todas essas características que o diferem de um animal, Segundo Max Scheler, em seu livro “A Diferença Essencial entre o Homem e o Animal”, o intelecto do homem o absolve da pressão biológica, dos seus próprios instintos. Esse desligar dos instintos faz com que o homem não tenha que se adaptar aos ambientes ao seu redor, como os animais, deixando o livre ao mundo. Os animais, por sua vez, estão todos como limitados aos seus instintos fixos e inatos a seus respectivos ambientes específicos.

User badge image

Gleizi

Há mais de um mês

 homem, apesar de ser racional, age de uma forma bem diferente do animal, destacando a sua inteligência e a forma do seu comportamento. O homem tem inteligência, consciência e capacidade para analisar seus atos, executar suas tarefas, planejar suas atividades e colocá-las em prática. Os animais, considerados como um ser irracional, por mais que possamos pensar que ele é um ser livre, realiza seus atos impelido pelas suas sensações, pelos apetites e pelo instinto natural, para um fim de que ele mesmo ignora e cujas conseqüências não consegue nunca prever. Os animais também são seres inteligentes, mas sempre se reduz à sensibilidade, é um ser que age de acordo com seu instinto, porém seus sentimentos são fortes e puros em relação ao homem.
User badge image

Andre

Há mais de um mês

O homem, um ser racional, age de uma forma bem diferente da de um animal, de forma que sua inteligência, sua consciência para consigo mesmo e a capacidade para analisar suas próprias ações, planejar atividades e executá-las, se destaquem perante a qualquer outro animal na natureza. Ainda, através dessa inteligência, atinge coisas sensíveis e corporais e também as realidades imateriais e incorporais, como o tempo, o espaço, o bem, a virtude etc.

Porém, apesar de todas essas características que o diferem de um animal, Segundo Max Scheler, em seu livro “A Diferença Essencial entre o Homem e o Animal”, o intelecto do homem o absolve da pressão biológica, dos seus próprios instintos. Esse desligar dos instintos faz com que o homem não tenha que se adaptar aos ambientes ao seu redor, como os animais, deixando o livre ao mundo. Os animais, por sua vez, estão todos como limitados aos seus instintos fixos e inatos a seus respectivos ambientes específicos.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas