A maior rede de estudos do Brasil

como saber a farmacocinetica dos antiarritmicos

Farmacologia IUniAGES

4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Os antiarrítmicos são uma classe de fármacos capazes de prevenir ou reverter arritmias cardíacas.


Os fármacos antiarrítmicos são classificados em 5 classes:

Classe I: bloqueadores de Na+. Exemplos: quinidina e procainamida;

Classe II: betabloqueadores. Exemplo: propanolol;

Classe III: bloqueadores de canais de potásisio. Exemplos: amiodarona e bretílio;

Classe IV: bloqueadores de canais de cálcio. Exemplo: verapamil.

A famacocinética vai depender do tipo do antiarrítmico. O verapamil, por exemplo, é rapidamente absorvido pelo intestino delgado e a disponibilidade do composto após a administração de uma dose única é de 22%. A distribuição do verapamil é alta, sendo distribuído um volume de 1,8-6,8 L/Kg. Há indícios que é metabolizado pelo citocromo P450 e a meia-vida de eliminação é de 3-7 horas e é eliminar via renal.

Fonte: http://www.anvisa.gov.br/datavisa/fila_bula/frmVisualizarBula.asp?pNuTransacao=4988622014&pIdAnexo=2094728


A farmacocinética vai depender do tipo de fármaco, normalmente essas informações são encontradas na bula do remédio no site da ANVISA. Como por exemplo o verapamil, citado acima.

Os antiarrítmicos são uma classe de fármacos capazes de prevenir ou reverter arritmias cardíacas.


Os fármacos antiarrítmicos são classificados em 5 classes:

Classe I: bloqueadores de Na+. Exemplos: quinidina e procainamida;

Classe II: betabloqueadores. Exemplo: propanolol;

Classe III: bloqueadores de canais de potásisio. Exemplos: amiodarona e bretílio;

Classe IV: bloqueadores de canais de cálcio. Exemplo: verapamil.

A famacocinética vai depender do tipo do antiarrítmico. O verapamil, por exemplo, é rapidamente absorvido pelo intestino delgado e a disponibilidade do composto após a administração de uma dose única é de 22%. A distribuição do verapamil é alta, sendo distribuído um volume de 1,8-6,8 L/Kg. Há indícios que é metabolizado pelo citocromo P450 e a meia-vida de eliminação é de 3-7 horas e é eliminar via renal.

Fonte: http://www.anvisa.gov.br/datavisa/fila_bula/frmVisualizarBula.asp?pNuTransacao=4988622014&pIdAnexo=2094728


A farmacocinética vai depender do tipo de fármaco, normalmente essas informações são encontradas na bula do remédio no site da ANVISA. Como por exemplo o verapamil, citado acima.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Os antiarrítmicos são uma classe de fármacos capazes de prevenir ou reverter arritmias cardíacas.


Os fármacos antiarrítmicos são classificados em 5 classes:

Classe I: bloqueadores de Na+. Exemplos: quinidina e procainamida;

Classe II: betabloqueadores. Exemplo: propanolol;

Classe III: bloqueadores de canais de potásisio. Exemplos: amiodarona e bretílio;

Classe IV: bloqueadores de canais de cálcio. Exemplo: verapamil.

A famacocinética vai depender do tipo do antiarrítmico. O verapamil, por exemplo, é rapidamente absorvido pelo intestino delgado e a disponibilidade do composto após a administração de uma dose única é de 22%. A distribuição do verapamil é alta, sendo distribuído um volume de 1,8-6,8 L/Kg. Há indícios que é metabolizado pelo citocromo P450 e a meia-vida de eliminação é de 3-7 horas e é eliminar via renal.

Fonte: http://www.anvisa.gov.br/datavisa/fila_bula/frmVisualizarBula.asp?pNuTransacao=4988622014&pIdAnexo=2094728


A farmacocinética vai depender do tipo de fármaco, normalmente essas informações são encontradas na bula do remédio no site da ANVISA. Como por exemplo o verapamil, citado acima.

User badge image

Luis

Há mais de um mês

Na administração por via oral o efeito máximo é atingido em 2-4horas;

t1/2 (tempo semi-vida) é de 4-6horas; 

Níveis terapêuticos no plasma é de 3-6 microg/ml

É metabolizado no fígado e 10-15% se elimina, sem se metabolizar, é excretado na urina. 

Fixa-se ás proteínas plasmáticas 

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Os antiarrítmicos são uma classe de fármacos capazes de prevenir ou reverter arritmias cardíacas.


Os fármacos antiarrítmicos são classificados em 5 classes:

Classe I: bloqueadores de Na+. Exemplos: quinidina e procainamida;

Classe II: betabloqueadores. Exemplo: propanolol;

Classe III: bloqueadores de canais de potásisio. Exemplos: amiodarona e bretílio;

Classe IV: bloqueadores de canais de cálcio. Exemplo: verapamil.

A famacocinética vai depender do tipo do antiarrítmico. O verapamil, por exemplo, é rapidamente absorvido pelo intestino delgado e a disponibilidade do composto após a administração de uma dose única é de 22%. A distribuição do verapamil é alta, sendo distribuído um volume de 1,8-6,8 L/Kg. Há indícios que é metabolizado pelo citocromo P450 e a meia-vida de eliminação é de 3-7 horas e é eliminar via renal.

Fonte: http://www.anvisa.gov.br/datavisa/fila_bula/frmVisualizarBula.asp?pNuTransacao=4988622014&pIdAnexo=2094728


A farmacocinética vai depender do tipo de fármaco, normalmente essas informações são encontradas na bula do remédio no site da ANVISA. Como por exemplo o verapamil, citado acima.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas