A maior rede de estudos do Brasil

como fazer um memorial


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Um memorial é a história da carreira de uma pessoa.


Um memorial é um documento que contém todas as informações profissionais em texto e não tópicos. O memorial deve conter os graus de estudos, as instituições em que cursou, as atividades principais desenvolvidas, artigos e publicações feitos por você e orientandos que já teve.


Assim, um memorial é uma descrição da sua carreira profissional em formato texto.

Um memorial é a história da carreira de uma pessoa.


Um memorial é um documento que contém todas as informações profissionais em texto e não tópicos. O memorial deve conter os graus de estudos, as instituições em que cursou, as atividades principais desenvolvidas, artigos e publicações feitos por você e orientandos que já teve.


Assim, um memorial é uma descrição da sua carreira profissional em formato texto.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Um memorial é a história da carreira de uma pessoa.


Um memorial é um documento que contém todas as informações profissionais em texto e não tópicos. O memorial deve conter os graus de estudos, as instituições em que cursou, as atividades principais desenvolvidas, artigos e publicações feitos por você e orientandos que já teve.


Assim, um memorial é uma descrição da sua carreira profissional em formato texto.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Um memorial é a história da carreira de uma pessoa.


Um memorial é um documento que contém todas as informações profissionais em texto e não tópicos. O memorial deve conter os graus de estudos, as instituições em que cursou, as atividades principais desenvolvidas, artigos e publicações feitos por você e orientandos que já teve.


Assim, um memorial é uma descrição da sua carreira profissional em formato texto.

User badge image

paulo

Há mais de um mês

A ideia principal da elaboração de um memorial acadêmico é semelhante à de um currículo, porém com maior detalhamento sobre a vida acadêmica, científica e até cultural. A própria palavra memorial relativiza com memórias. Recomenda-se que o memorial inclua em sua estrutura seções que destaquem as informações mais significativas, como a formação, as atividades técnico-científicas e artístico-culturais, as atividades docentes, as atividades de administração, a produção científica, entre outras. Portanto, esse documento deve ser um breve resumo sobre seus feitos que pode ser utilizado em páginas de comunidades científicas como ResearchGate, Kudos e Sciencescape.

Existem diversas modalidades de apresentação, desde algumas linhas ou até mesmo várias páginas, seja curta ou longa, o que define o tamanho é a finalidade do público o qual o documento está sendo direcionado. Esse é um ponto muito importante, o autor deve fornecer informações completas, porém não excessivas, sendo assim, é necessário um bom julgamento ao definir o filtro do conteúdo, de forma que o resultado final satisfaça aos interessados.

Quando você for solicitado para uma pequena biografia, você tem que expor uma grande quantidade de informações em um curto espaço. Assim, escolha a informação adequada para mencionar.

 I.  O que fazer?

a)      Comece com o seu nome completo.

b)      Dê sua posição atual, campo geral de atuação e, de forma breve, descreva o projeto atual.

c)       Mencione um prêmio recente referente a sua pesquisa ou trabalho.

d)      Termine com uma frase pessoal curta.

II.   O que não fazer?

a)      Não falar na primeira pessoa.

b)      Em sua história, não dê maior foco a sua retrospectiva do que à sua posição atual.

i.   Em um memorial longo, talvez mencione mestrado e bacharelado, mas não aqui.

ii.   Nunca adicione qualquer coisa antes disso.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas