A maior rede de estudos do Brasil

É possível distinguir trofozoitos e cistos de Entamoeba histolytica e de Entamoeba dispar? Justifique.


5 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para responder esta pergunta devemos colocar em prática o nosso conhecimento sobre Fisiologia I.A Entamoeba histolytica é o agente etiológico da amebíase, esta que constitui a segunda causa de morte por parasitoses. Apesar da alta mortalidade, muitos casos de infecções são assintomáticos. A OMS havia assumido a E. díspar como espécie infectando o homem. Esta espécie seria responsável pela maioria das infecções assintomáticas atribuídas à E. histolytica. Atualmente, mesmo com o ressurgimento da E. díspar, à amebiases continua definida como infecção sintomática ou assintomática causada pela E. histolytica.

Portanto, as espécies Entamoeba histolytica e de Entamoeba díspar são impossíveis de se distinguir em suas formas de trofozoítos e cistos.

Para responder esta pergunta devemos colocar em prática o nosso conhecimento sobre Fisiologia I.A Entamoeba histolytica é o agente etiológico da amebíase, esta que constitui a segunda causa de morte por parasitoses. Apesar da alta mortalidade, muitos casos de infecções são assintomáticos. A OMS havia assumido a E. díspar como espécie infectando o homem. Esta espécie seria responsável pela maioria das infecções assintomáticas atribuídas à E. histolytica. Atualmente, mesmo com o ressurgimento da E. díspar, à amebiases continua definida como infecção sintomática ou assintomática causada pela E. histolytica.

Portanto, as espécies Entamoeba histolytica e de Entamoeba díspar são impossíveis de se distinguir em suas formas de trofozoítos e cistos.

User badge image

Jose Edmir Arzani

Há mais de um mês

Pode-se afirmar que as espécies Entamoeba histolytica e de Entamoeba dispar são impossíveis de se distinguir em suas formas de trofozoítos e cistos.

A razão que fundamenta a afirmativa se baseia no fato de ambos os tipos de amebas serem iguais morfologicamente. Todavia, vale ressaltar que apenas a espécie Entamoeba histolytica é patogênica para o ser humano.

 

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para responder esta pergunta devemos colocar em prática o nosso conhecimento sobre Fisiologia I.


Entamoeba histolytica eliminada nas fezes encontra-se na forma de cistos, que é muito resistente a meios hostis, podendo sobreviver no ambiente por vários meses. A ingestão de um único cisto de Entamoeba histolytica é suficiente para contaminar o paciente. O cisto, após ser ingerido, passa incólume pela acidez do estômago, e muda para a forma trofozoíto ao chegar nos intestinos. Quando alcançam o cólon, os trofozoítos se aderem a sua parede e passam a colonizá-la. Na maioria dos casos a Entamoeba histolytica tem um comportamento comensal, isto é, vive em harmonia com o hospedeiro, alimentando-se dos nossos alimentos e não produzindo sintomas.


Portanto, as espécies Entamoeba histolytica e de Entamoeba díspar são impossíveis de se distinguir em suas formas de trofozoítos e cistos. A razão que fundamenta a afirmativa se baseia no fato de ambos os tipos de amebas serem iguais morfologicamente. Todavia, vale ressaltar que apenas a espécie Entamoeba histolytica é patogênica para o ser humano.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas