A maior rede de estudos do Brasil

diferença de dna e rna?


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Foram utilizados conceitos de genética para responder essa questão.


Ácidos nucleicos, macromoléculas feitas de unidades chamadas nucleotídeos, podem ser de duas formas: ácido desoxirribonucleico (DNA) e ácido ribonucleico (RNA). O DNA é o material genético encontrado em organismos vivos, desde bactérias unicelulares até mamíferos multicelulares. Alguns vírus usam o RNA, não o DNA, como seu material genético, mas tecnicamente não são considerados vivos (já que não podem se reproduzir sem a ajuda de um hospedeiro). DNA e RNA são polímeros, e são constituídos de monômeros conhecidos como nucleotídeos. Quando esses monômeros se combinam, a cadeia resultante é chamada de polinucleotídio (poli- = "muitos").

Cada nucleotídeo é composto de três partes: uma estrutura de anel contendo nitrogênio chamada base nitrogenada, um açúcar de cinco carbonos e pelo menos um grupo fosfato. A molécula de açúcar tem uma posição central no nucleotídeo, com a base ligada a um dos seus carbonos e o grupo fosfato (ou grupos) ligado a outro.


Apesar de terem algumas semelhanças, as duas moléculas apresentam também algumas diferenças. DNA, ou ácido desoxirribonucleico, apresenta como açúcar a 2-desoxirribose, enquanto o ácido ribonucleico, o RNA, apresenta a ribose. O DNA é uma molécula de cadeia dupla que consiste em uma longa cadeia de nucleotídeos, as bases presentes são adenina, guanina, citosina e timina. O RNA geralmente é uma hélice de cadeia simples que consiste em cadeias mais curtas de nucleotídeos, com bases adenina, guanina, citosina e uracila. O DNA se localiza no núcleo das células e nas mitocôndrias e é autorreplicante, enquanto o RNA, que é sintetizado a partir do DNA conforme a necessidade, pode ser encontrado no núcleo, no citoplasma ou no ribossomo. O DNA, que é uma molécula de longa duração, tem como funções o armazenamento da informação genética e a transmissão dessa informação. Já o RNA, que pode ter um ciclo de vida muito curto, é usado para transferir o código genético do núcleo para os ribossomos para produzir proteínas.


Fonte:

https://www.sparknotes.com/biology/molecular/structureofnucleicacids/section3/

https://biologywise.com/difference-between-dna-rna

https://www.khanacademy.org/science/biology/gene-expression-central-dogma/central-dogma-transcription/a/nucleic-acids

(acessados em 03/10/18)

Foram utilizados conceitos de genética para responder essa questão.


Ácidos nucleicos, macromoléculas feitas de unidades chamadas nucleotídeos, podem ser de duas formas: ácido desoxirribonucleico (DNA) e ácido ribonucleico (RNA). O DNA é o material genético encontrado em organismos vivos, desde bactérias unicelulares até mamíferos multicelulares. Alguns vírus usam o RNA, não o DNA, como seu material genético, mas tecnicamente não são considerados vivos (já que não podem se reproduzir sem a ajuda de um hospedeiro). DNA e RNA são polímeros, e são constituídos de monômeros conhecidos como nucleotídeos. Quando esses monômeros se combinam, a cadeia resultante é chamada de polinucleotídio (poli- = "muitos").

Cada nucleotídeo é composto de três partes: uma estrutura de anel contendo nitrogênio chamada base nitrogenada, um açúcar de cinco carbonos e pelo menos um grupo fosfato. A molécula de açúcar tem uma posição central no nucleotídeo, com a base ligada a um dos seus carbonos e o grupo fosfato (ou grupos) ligado a outro.


Apesar de terem algumas semelhanças, as duas moléculas apresentam também algumas diferenças. DNA, ou ácido desoxirribonucleico, apresenta como açúcar a 2-desoxirribose, enquanto o ácido ribonucleico, o RNA, apresenta a ribose. O DNA é uma molécula de cadeia dupla que consiste em uma longa cadeia de nucleotídeos, as bases presentes são adenina, guanina, citosina e timina. O RNA geralmente é uma hélice de cadeia simples que consiste em cadeias mais curtas de nucleotídeos, com bases adenina, guanina, citosina e uracila. O DNA se localiza no núcleo das células e nas mitocôndrias e é autorreplicante, enquanto o RNA, que é sintetizado a partir do DNA conforme a necessidade, pode ser encontrado no núcleo, no citoplasma ou no ribossomo. O DNA, que é uma molécula de longa duração, tem como funções o armazenamento da informação genética e a transmissão dessa informação. Já o RNA, que pode ter um ciclo de vida muito curto, é usado para transferir o código genético do núcleo para os ribossomos para produzir proteínas.


Fonte:

https://www.sparknotes.com/biology/molecular/structureofnucleicacids/section3/

https://biologywise.com/difference-between-dna-rna

https://www.khanacademy.org/science/biology/gene-expression-central-dogma/central-dogma-transcription/a/nucleic-acids

(acessados em 03/10/18)

User badge image

Gabriela

Há mais de um mês

É da associação dos diferentes nucleotídeos que se formam as macromoléculas dos dois tipos de ácidos nucléicos: o ácido ribonucléico (RNA) e o ácido desoxirribonucléico (DNA).

Eles foram assim chamados em função dos açúcar presente em suas moléculas: O RNA contém o açúcar ribose e o DNA contém o açúcar desoxirribose.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Foram utilizados conceitos de genética para responder essa questão.


Ácidos nucleicos, macromoléculas feitas de unidades chamadas nucleotídeos, podem ser de duas formas: ácido desoxirribonucleico (DNA) e ácido ribonucleico (RNA). O DNA é o material genético encontrado em organismos vivos, desde bactérias unicelulares até mamíferos multicelulares. Alguns vírus usam o RNA, não o DNA, como seu material genético, mas tecnicamente não são considerados vivos (já que não podem se reproduzir sem a ajuda de um hospedeiro). DNA e RNA são polímeros, e são constituídos de monômeros conhecidos como nucleotídeos. Quando esses monômeros se combinam, a cadeia resultante é chamada de polinucleotídio (poli- = "muitos").

Cada nucleotídeo é composto de três partes: uma estrutura de anel contendo nitrogênio chamada base nitrogenada, um açúcar de cinco carbonos e pelo menos um grupo fosfato. A molécula de açúcar tem uma posição central no nucleotídeo, com a base ligada a um dos seus carbonos e o grupo fosfato (ou grupos) ligado a outro.


Apesar de terem algumas semelhanças, as duas moléculas apresentam também algumas diferenças. DNA, ou ácido desoxirribonucleico, apresenta como açúcar a 2-desoxirribose, enquanto o ácido ribonucleico, o RNA, apresenta a ribose. O DNA é uma molécula de cadeia dupla que consiste em uma longa cadeia de nucleotídeos, as bases presentes são adenina, guanina, citosina e timina. O RNA geralmente é uma hélice de cadeia simples que consiste em cadeias mais curtas de nucleotídeos, com bases adenina, guanina, citosina e uracila. O DNA se localiza no núcleo das células e nas mitocôndrias e é autorreplicante, enquanto o RNA, que é sintetizado a partir do DNA conforme a necessidade, pode ser encontrado no núcleo, no citoplasma ou no ribossomo. O DNA, que é uma molécula de longa duração, tem como funções o armazenamento da informação genética e a transmissão dessa informação. Já o RNA, que pode ter um ciclo de vida muito curto, é usado para transferir o código genético do núcleo para os ribossomos para produzir proteínas.


Fonte:

https://www.sparknotes.com/biology/molecular/structureofnucleicacids/section3/

https://biologywise.com/difference-between-dna-rna

https://www.khanacademy.org/science/biology/gene-expression-central-dogma/central-dogma-transcription/a/nucleic-acids

(acessados em 03/10/18)

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Foram utilizados conceitos de genética para responder essa questão.


Ácidos nucleicos, macromoléculas feitas de unidades chamadas nucleotídeos, podem ser de duas formas: ácido desoxirribonucleico (DNA) e ácido ribonucleico (RNA). O DNA é o material genético encontrado em organismos vivos, desde bactérias unicelulares até mamíferos multicelulares. Alguns vírus usam o RNA, não o DNA, como seu material genético, mas tecnicamente não são considerados vivos (já que não podem se reproduzir sem a ajuda de um hospedeiro). DNA e RNA são polímeros, e são constituídos de monômeros conhecidos como nucleotídeos. Quando esses monômeros se combinam, a cadeia resultante é chamada de polinucleotídio (poli- = "muitos").

Cada nucleotídeo é composto de três partes: uma estrutura de anel contendo nitrogênio chamada base nitrogenada, um açúcar de cinco carbonos e pelo menos um grupo fosfato. A molécula de açúcar tem uma posição central no nucleotídeo, com a base ligada a um dos seus carbonos e o grupo fosfato (ou grupos) ligado a outro.


Apesar de terem algumas semelhanças, as duas moléculas apresentam também algumas diferenças. DNA, ou ácido desoxirribonucleico, apresenta como açúcar a 2-desoxirribose, enquanto o ácido ribonucleico, o RNA, apresenta a ribose. O DNA é uma molécula de cadeia dupla que consiste em uma longa cadeia de nucleotídeos, as bases presentes são adenina, guanina, citosina e timina. O RNA geralmente é uma hélice de cadeia simples que consiste em cadeias mais curtas de nucleotídeos, com bases adenina, guanina, citosina e uracila. O DNA se localiza no núcleo das células e nas mitocôndrias e é autorreplicante, enquanto o RNA, que é sintetizado a partir do DNA conforme a necessidade, pode ser encontrado no núcleo, no citoplasma ou no ribossomo. O DNA, que é uma molécula de longa duração, tem como funções o armazenamento da informação genética e a transmissão dessa informação. Já o RNA, que pode ter um ciclo de vida muito curto, é usado para transferir o código genético do núcleo para os ribossomos para produzir proteínas.


Fonte:

https://www.sparknotes.com/biology/molecular/structureofnucleicacids/section3/

https://biologywise.com/difference-between-dna-rna

https://www.khanacademy.org/science/biology/gene-expression-central-dogma/central-dogma-transcription/a/nucleic-acids

(acessados em 03/10/18)

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas