A maior rede de estudos do Brasil

O clostridium botulinum é a bactéria causadora do botulismo, portanto é um procarinte. Sendo assim, é caracterizado por:


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para resolução desta, foi utilizado conhecimentos sobre Procariontes.


As células procariontes pertencem ao grupo Prokaryota do Reino Monera. Se diferenciam dos eucariontes pela complexidade estrutural e funcionamento, sendo os procariontes pequenas e de maquinário e performance mais simples.


A bactéria Clostridium botulinum é gram-positiva, pertencente à família Bacillaceae. Tem forma de bastonetes, possuem flagelos, esporulados e produzem neurotoxinas. Como todas as células procarionte sua principal característica é a ausência de carioteca, ou seja, o núcleo não é subdividido, ele está disperso no citoplasma. Também não possuem diversas organelas, como mitocôndrias, complexo de Golgi, reticulo endoplasmático, entre outros. Reproduzem-se por divisão binária assexuada. Podem permanecer isoladas ou constituir colônias. A Clostridium botulinum também é utilizada no botox, pois bloqueia a comunicação nervosa, impedindo a contração muscular e deixando a pele mais lisa.

Para resolução desta, foi utilizado conhecimentos sobre Procariontes.


As células procariontes pertencem ao grupo Prokaryota do Reino Monera. Se diferenciam dos eucariontes pela complexidade estrutural e funcionamento, sendo os procariontes pequenas e de maquinário e performance mais simples.


A bactéria Clostridium botulinum é gram-positiva, pertencente à família Bacillaceae. Tem forma de bastonetes, possuem flagelos, esporulados e produzem neurotoxinas. Como todas as células procarionte sua principal característica é a ausência de carioteca, ou seja, o núcleo não é subdividido, ele está disperso no citoplasma. Também não possuem diversas organelas, como mitocôndrias, complexo de Golgi, reticulo endoplasmático, entre outros. Reproduzem-se por divisão binária assexuada. Podem permanecer isoladas ou constituir colônias. A Clostridium botulinum também é utilizada no botox, pois bloqueia a comunicação nervosa, impedindo a contração muscular e deixando a pele mais lisa.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Para resolução desta, foi utilizado conhecimentos sobre Procariontes.


As células procariontes pertencem ao grupo Prokaryota do Reino Monera. Se diferenciam das eucariontes pela complexidade estrutural e funcionamento, sendo as procariontes pequenas e de maquinário e performance mais simples.


A bactéria Clostridium botulinum é gram-positiva, pertencente à família Bacillaceae. Tem forma de bastonetes, possuem flagelos, esporulados e produzem neurotoxinas. Como todas as células procarionte sua principal característica é a ausência de carioteca, ou seja, o núcleo não é subdividido, ele está disperso no citoplasma. Também não possuem diversas organelas, como mitocôndrias, complexo de Golgi, reticulo endoplasmático, entre outros. Reproduzem-se por divisão binária assexuada. Podem permanecer isoladas ou constituir colônias. A Clostridium botulinum também é utilizada no botox, pois bloqueia a comunicação nervosa, impedindo a contração muscular e deixando a pele mais lisa.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas