A maior rede de estudos do Brasil

O que acontece com o amido a partir do estomago ate chegar ao nosso sangue??


2 resposta(s)

User badge image

Beatriz

Há mais de um mês

Tem todo um processo da via metabolica relacionado, mais em especifico da via glicolitica, o amido comeca com a digestao ja na boca pela saliva(amilase salivar), dai transforma-se parte do amido em maltose, segue ate o intestino delgado e não no estômago, uma vez que a amilase não atua no pH altamente ácido do suco gástrico, e entao a amilase transforma a maltose que foi vinda do amigo em isomaltose, que por sua vez, será hidrolisada por enzimas do intestino até atingirem a glicose, foi uma explicação bem por cima, mas a partir dai voce consegue ter mais ou menos uma noção melhor, espero ter ajudado!
Tem todo um processo da via metabolica relacionado, mais em especifico da via glicolitica, o amido comeca com a digestao ja na boca pela saliva(amilase salivar), dai transforma-se parte do amido em maltose, segue ate o intestino delgado e não no estômago, uma vez que a amilase não atua no pH altamente ácido do suco gástrico, e entao a amilase transforma a maltose que foi vinda do amigo em isomaltose, que por sua vez, será hidrolisada por enzimas do intestino até atingirem a glicose, foi uma explicação bem por cima, mas a partir dai voce consegue ter mais ou menos uma noção melhor, espero ter ajudado!
User badge image

Allan

Há mais de um mês

A digestão do amido é iniciada na boca, por meio da ação da enzima α-amilase que hidrolisa o amido a dissacarídeos de maltose. Porém, até a deglutição do alimento e devido ao curto período que o alimento fica na boca, apenas 5% do amido é hidrolisado na boca. Entretanto, a digestão do amido continua no corpo e no fundo do estômago por até 1 hora, antes do alimento ser misturado a secreções gástricas. Essa mistura inativa a enzima α-amilase da saliva, a qual é desnaturada em meio com pH abaixo de 4. Esse período até a inativação da α-amilase é suficiente para hidrolisar de 30 a 40% do amido a dissacarídeos de maltose.

No intestino, o amido restante sofre ação da α-amilase pancreática, que é muito parecida com a da saliva, porém, mais potente. Portanto, 15 a 30 minutos depois do quimo ser transferido do estômago para o duodeno e se misturar com o suco pancreático, praticamente todos os carboidratos terão sido digeridos. Em geral, os carboidratos são, quase totalmente, convertidos a maltose e/ou pequenos outros polímeros de glicose, antes de passar para o jejuno.

Os enterócitos que revestem as vilosidades do intestino delgado contêm quatro enzimas (lactase, sacarase, maltase e α-dextrinase), que são capazes de clivar os dissacarídeos lactose, sacarose e maltose, mais outros pequenos polímeros de glicose, nos seus monossacarídeos constituintes. Essas enzimas ficam localizadas nos enterócitos que forram a borda em escova das microvilosidades intestinais, de maneira que os dissacarídeos são digeridos quando entram em contato com esses enterócitos.

Portanto, a maltose e os pequenos polímeros de glicose são totalmente hidrolisados a monossacarídeos de glicose e absorvidos imediatamente para o sangue porta.

Fonte: GUYTON, ARTHUR C.; HALL, JOHN E. Tratado de fisiologia médica. 12ª edição. Editora ELSEVIER, Rio de Janeiro. 2011.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes