A maior rede de estudos do Brasil

explique porque o tecido adiposo multilocular é amplamente encontrado em fetos e recém nascidos e quase inexistente a seres humanos?


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para resolução desta, foi utilizado conhecimentos sobre Tecido Adiposo.


Um dos tecidos conjuntivos especializados é o tecido adiposo, formado predominantemente por adipócitos, células que armazenam gordura. Há dois tipos de tecido adiposo espalhados pelo corpo: o amarelo (unilocular) e o marrom (multilocular). Ambos são ricamente vascularizados.


O tecido adiposo multilocular também é denominado de marrom ou pardo devido a sua coloração. Fetos e crianças de até dez anos possuem grande quantidade desse tecido, cujo principal função é a produção de calor, visando o aquecimento corporal. Ele é de extrema importância na primeira infância por causa da dificuldade deles em manter o calor corporal via tremor da musculatura esquelética, impedindo a hipotermia.

Para resolução desta, foi utilizado conhecimentos sobre Tecido Adiposo.


Um dos tecidos conjuntivos especializados é o tecido adiposo, formado predominantemente por adipócitos, células que armazenam gordura. Há dois tipos de tecido adiposo espalhados pelo corpo: o amarelo (unilocular) e o marrom (multilocular). Ambos são ricamente vascularizados.


O tecido adiposo multilocular também é denominado de marrom ou pardo devido a sua coloração. Fetos e crianças de até dez anos possuem grande quantidade desse tecido, cujo principal função é a produção de calor, visando o aquecimento corporal. Ele é de extrema importância na primeira infância por causa da dificuldade deles em manter o calor corporal via tremor da musculatura esquelética, impedindo a hipotermia.

User badge image

Matheus

Há mais de um mês

O tecido adiposo multilocular tem como principal função a produção de calor no feto, por este motivo possui um grande numero de mitocondrias (organelas produtoras de energia em forma de ATP) e possui uma alta taxa de gasto de energia. Ja o tecido adiposo no adulto tem em sua maior parte o armazenamento de energia e não a produção de calor. Por isso neste tecido é extremamente menor a quantidade de mitocondrias e altamente rico em triglicerideos, possuindo por tanto um metabolismo muito menor e consequente uma baixissima taxa de gasto energético.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Para resolução desta, foi utilizado conhecimentos sobre Tecido Adiposo.


Um dos tecidos conjuntivos especializados é o tecido adiposo, formado predominantemente por adipócitos, células que armazenam gordura. Há dois tipos de tecido adiposo espalhados pelo corpo: o amarelo (unilocular) e o marrom (multilocular). Ambos são ricamente vascularizados.


O tecido adiposo multilocular também é denominado de marrom ou pardo devido a sua coloração. Fetos e crianças de até dez anos possuem grande quantidade desse tecido, cujo principal função é a produção de calor, visando o aquecimento corporal. Ele é de extrema importância na primeira infância por causa da dificuldade deles em manter o calor corporal via tremor da musculatura esquelética, impedindo a hipotermia.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Para resolução desta, foi utilizado conhecimentos sobre Tecido Adiposo.


Um dos tecidos conjuntivos especializados é o tecido adiposo, formado predominantemente por adipócitos, células que armazenam gordura. Há dois tipos de tecido adiposo espalhados pelo corpo: o amarelo (unilocular) e o marrom (multilocular). Ambos são ricamente vascularizados.


O tecido adiposo multilocular também é denominado de marrom ou pardo devido a sua coloração. Fetos e crianças de até dez anos possuem grande quantidade desse tecido, cujo principal função é a produção de calor, visando o aquecimento corporal. Ele é de extrema importância na primeira infância por causa da dificuldade deles em manter o calor corporal via tremor da musculatura esquelética, impedindo a hipotermia.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas