A maior rede de estudos do Brasil

Cite uma situação em que o Custo seja mais que o benefício na Contabilidade ?


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

O custo representa para o incorporador a justa apreciação da potencialidade futura do ativo para a entidade adquirente, ou seja, significa que o comprador presume que o valor descontado dos fluxos futuros de caixa gerados pelo ativo, isolada ou em conjunto com outros ativos, seja superior ou, pelo menos, igual ao gasto realizado para obtê-lo.


Contudo, reconhecer a contribuição isolada de cada ativo não é uma tarefa simples, mas é presumível que ninguém adquire um ativo por um preço superior ao valor esperado dos benefícios a serem gerados pelo mesmo.

O custo representa para o incorporador a justa apreciação da potencialidade futura do ativo para a entidade adquirente, ou seja, significa que o comprador presume que o valor descontado dos fluxos futuros de caixa gerados pelo ativo, isolada ou em conjunto com outros ativos, seja superior ou, pelo menos, igual ao gasto realizado para obtê-lo.


Contudo, reconhecer a contribuição isolada de cada ativo não é uma tarefa simples, mas é presumível que ninguém adquire um ativo por um preço superior ao valor esperado dos benefícios a serem gerados pelo mesmo.

User badge image

Milena

Há mais de um mês

O custo representa para o incorporador a justaapreciação da potencialidade futura do ativo para a entidade adquirente. Isto significa que o comprador presume que o valor descontado dos fluxos futuros de caixa gerados pelo ativo, isolada ouconjuntamente com outros ativos, seja superior ou, pelo menos, igual ao gasto realizado para obtê-lo. Infelizmente, reconhecer a contribuição isolada de cada ativo não é uma tarefa fácil, mas presume-seque ninguém adquire um ativo por um preço superior ao valor esperado dos benefícios a serem gerados pelo mesmo.

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

O custo representa para o incorporador a justa apreciação da potencialidade futura do ativo para a entidade adquirente, ou seja, significa que o comprador presume que o valor descontado dos fluxos futuros de caixa gerados pelo ativo, isolada ou em conjunto com outros ativos, seja superior ou, pelo menos, igual ao gasto realizado para obtê-lo.


Contudo, reconhecer a contribuição isolada de cada ativo não é uma tarefa simples, mas é presumível que ninguém adquire um ativo por um preço superior ao valor esperado dos benefícios a serem gerados pelo mesmo.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas