A maior rede de estudos do Brasil

Diferença Prisão Temporária x Prisão Preventiva?

Direito Penal IUNIANCHIETA

2 resposta(s)

User badge image

Estudante

Há mais de um mês

As diferenças são:

1-   Prisão temporária é estabelecida na lei 7.960 de 1989 e a prisão preventiva no código de processo penal.

2 - A prisão temporária aplica-se exclusivamente na fase de inquérito policial, já a prisão preventiva pode ser aplicada tanto no inquérito quanto na ação penal instaurada. 

3 - A prisão temporária tem o prazo legal de 5 dias (salvo crime hediondo que o prazo é de 30) prorrogáveis por igual período, sendo que, a prisão preventiva não tem prazo.

4 - A prisão temporária não pode ser estabelecida de ofício pelo juiz já a preventiva pode desde que na fase da ação penal.

5 - A prisão temporária tem um rol específico de crimes aplicáveis já a preventiva não tem esse rol.

As diferenças são:

1-   Prisão temporária é estabelecida na lei 7.960 de 1989 e a prisão preventiva no código de processo penal.

2 - A prisão temporária aplica-se exclusivamente na fase de inquérito policial, já a prisão preventiva pode ser aplicada tanto no inquérito quanto na ação penal instaurada. 

3 - A prisão temporária tem o prazo legal de 5 dias (salvo crime hediondo que o prazo é de 30) prorrogáveis por igual período, sendo que, a prisão preventiva não tem prazo.

4 - A prisão temporária não pode ser estabelecida de ofício pelo juiz já a preventiva pode desde que na fase da ação penal.

5 - A prisão temporária tem um rol específico de crimes aplicáveis já a preventiva não tem esse rol.

User badge image

Ariana

Há mais de um mês

A prisão temporária é regulamentada pela Lei 7.960/89. Com prazo de duração de cinco dias, prorrogáveis por mais cinco, ela ocorre durante a fase de investigação do inquérito policial. É utilizada para que a polícia ou o Ministério Público colete provas para, depois, pedir a prisão preventiva do suspeito em questão. Em geral, é decretada para assegurar o sucesso de uma determinada diligência. 

 

A prisão preventiva, por sua vez, consta no terceiro capítulo do Código de Processo Penal. Sem prazo pré-definido, pode ser decretada em qualquer fase da investigação policial ou da ação penal, quando houver indícios que liguem o suspeito ao delito. Ela em geral é pedida para proteger o inquérito ou processo, a ordem pública ou econômica ou a aplicação da lei.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes